RedeGN - Política

Outros Destaques

Especial Coronavírus

Acompanhe o mapa do COVID-19 em tempo real em nossa página especial.

Política

Bolsonaro diz que país só não enfrenta onda de saques por conta do auxílio

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na manhã desta terça-feira (05) que o pagamento do auxílio emergencial no valor de R$ 600  tem mantido o país "longe de saques e da violência". 

A fala foi dita a um simpatizante que se identificou como um microempresário de Salvador. Ele reclamou das restrições impostas pelo prefeito da capital, ACM Neto, e o governador da Bahia, Rui Costa, criticou o isolamento social, pediu a reabertura de comércio e o início do isolamento vertical. Bolsonaro então respondeu:..

Foto Ilustrativa

Regina Duarte, sobre Bolsonaro: "Acho que ele está me dispensando"

Em conversa com uma assessora, Regina Duarte disse hoje que acredita estar sendo dispensada por Jair Bolsonaro — após a recondução do olavista Dante Mantovani, demitido por ela, à presidência da Funarte –, informa Igor Gadelha na Crusoé.

A demissão de Dante Mantovani da Funasa aconteceu logo após Regina Duarte assumir a Secretaria de Cultura. Ele ganhou destaque na imprensa nacional após associar o rock ao satanismo...

Revista Crusoé

Bolsonaro manda jornalistas calar a boca e nega interferência na Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se mostrou alterado na manhã desta terça-feira (05). Na saída do Palácio da Alvorada, ao ser questionado se havia sido um pedido dele as mudanças na direção da Polícia Federal do Rio de Janeiro, Bolsonaro não respondeu e mandou repórteres calarem a boca. 

Em mãos, carregava uma folha de papel sulfite com um print de uma manchete da Folha de S. Paulo que tratava sobre o assunto e disparou:..

Foto: Ilustrativa

Tachada de “Lei da Mordaça” pela oposição, projeto gera atrito entre o presidente da Câmara Alex Tanuri e o empresário Carlos Neiva

Por maioria simples e com os votos contrários de Allan Jones, Aníbal Araújo e Domingão da Aliança a Câmara de Vereadores de Juazeiro aprovou na sessão ordinária virtual desta segunda-feira (04) o projeto de autoria do Vereador Alex Tanuri (PP) que “Dispõe sobre a aplicação de sanções a pessoas físicas ou jurídicas, que dolosamente, valendo-se da internet, redes sociais ou outros meios, divulgar informação ou notícia falsa que possa desvirtuar a verdade sobre a saúde, epidemias, endemias ou pandemias, que afete o interesse público relevante no âmbito do Município de Juazeiro”.

O projeto foi justificado pelo vereador como “de extrema importância no momento em que vivemos, quando uma informação falsa, disseminada pelas redes sociais pode levar à morte”. Antes da votação, no entanto, o Pastor Teobaldo Pedro, o empresário Carlos Neiva, ambos pré-candidato a prefeito de Juazeiro e vários ouvintes no Programa Geraldo José (Transrio FM) expressaram seu descontentamento com a proposição...

Da redação

Em petição, Sérgio Moro solicita que conteúdo do seu depoimento à PF, se torne público

O que disse e apresentou o ex-ministro e ex-juiz, Sérgio Moro, à Polícia federal, em depoimento colhido em Curitiba no sábado (2), está bem próximo de ser revelado, após pedido do próprio Moro para que o conteúdo do seu depoimento seja revelado.

Através de petição, os advogados de Moro explicitaram o desejo de que o depoimento se torne público: “Considerando que a imprensa, no exercício do seu legítimo e democrático papel de informar a sociedade, vem divulgando trechos isolados do depoimento prestado pelo requerente em data de 2 de maio de 2020, esta defesa, com intuito de evitar interpretações dissociadas de todo o contexto das declarações e garantindo o direito constitucional de informação integral dos fatos relevantes -- todos eles de interesse público -- objeto do presente inquérito, não se opõe à publicidade dos atos praticados nestes autos, inclusive no tocante ao teor integral do depoimento prestado pelo requerente”, escreveram...

da redação redeGN

Forças Armadas estão ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade, diz ministro da Defesa

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou em nota nesta segunda-feira (4) que as Forças Armadas "cumprem sua missão constitucional" e que estarão "sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade".

A nota foi divulgada no dia seguinte à participação do presidente Jair Bolsonaro em um ato com pautas antidemocráticas e inconstitucionais. Em transmissão durante o protesto, Bolsonaro afirmou que "chegou ao limite" e que "não tem mais conversa" – sem explicar o que queria dizer com isso...

G1

Se descumprir decisão, Bolsonaro fica sujeito a impeachment, diz Ministro do Supremo

Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso acredita que caso o presidente Jair Bolsonaro descumpra qualquer decisão judicial poderia ser considerado culpado pelos "crimes comuns de desobediência e de responsabilidade, passível de impeachment"...

Terra

Bahia: Campanha orienta povos e comunidades tradicionais para combate ao coronavírus

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), lançou uma campanha de orientações sobre o enfrentamento ao coronavírus (Covid-19) junto aos povos e comunidades tradicionais da Bahia.

Dois vídeos estão sendo trabalhados, a partir deste domingo (3), como principais peças de sensibilização, contendo variadas ilustrações e explicações técnicas, incluindo diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS)...

Secom Bahia

Deputados Zó e Bobô em defesa dos artistas baianos

Seguramente, um dos segmentos mais afetados pelos efeitos da pandemia de coronavírus foi o dos artistas, prejudicados pelo cancelamento de shows e grandes eventos, além do fechamento de bares, restaurantes e casas de espetáculos. Para minimizar o problema, os deputados estaduais Zó e Bobô, ambos do PCdoB, tomaram uma importante iniciativa.

Os dois parlamentares encaminharam ofício ao governador Rui Costa (PT), solicitando que a Bahiatursa pague os eventos realizados através da empresa. Isso contempla atrações, grupos artísticos, bandas ou qualquer outra atividade já executada no estado...

Venezuela diz ter matado 8 mercenários que vinham de barco para fomentar golpe

O regime de Nicolás Maduro disse que interceptou uma incursão marítima de "terroristas mercenários" que tentavam entrar no país a bordo de lanchas, vindos da Colômbia.

A oposição considerou o caso uma encenação, para desviar o foco de outros problemas. Segundo o governo, um grupo chegou na manhã de domingo (2) à costa de La Guaira, a 32 km de Caracas.

"Eles tentaram fazer uma invasão pelo mar. Era um grupo de mercenários terroristas da Colômbia, com a intenção de cometer atos terroristas no país e matar líderes do governo revolucionário", disse Nestor Reverol, ministro do Interior, em um discurso na TV. Segundo ele, essas ações seriam uma forma de ampliar a violência, gerar caos e, assim, criar condições para um golpe de Estado.

O governo disse que oito pessoas foram mortas na operação e duas, presas. Afirmou também que uma das lanchas afundou, e que barcos militares fazem buscas por sobreviventes na costa.

Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Constituinte, disse que um dos mortos é Roberto Colina, apelidado de Pantera e ligado ao general da reserva Cliver Alcalá Cordones. O militar é acusado pelos EUA de narcoterrorismo. Cordones rompeu com Maduro em 2013 e depois passou a apoiar o líder opositor Juan Guaidó.

O governo Maduro acusou Cordones de tentar introduzir no país um arsenal de armas apreendido na Colômbia em março, com a suposta participação de Guaidó, que negou as acusações.

Em um comunicado, Guaidó disse que o relato do suposto incidente deste domingo tem contradições e inconsistências, e que se trata de uma tentativa de desviar a atenção da rebelião ocorrida em um presídio na sexta (1º), que deixou ao menos 47 mortes, e de uma briga de gangues em Caracas no sábado (2).

O governo colombiano disse que as acusações de envolvimento do país são infundadas, e também classificou o caso como uma ação para tirar o foco de problemas reais.

Maduro frequentemente acusa seus adversários de tentar derrubá-lo do poder com o apoio dos EUA. A oposição diz que são acusações sem fundamento, inventadas para justificar a prisão de opositores.

Os Estados Unidos, o Brasil e dezenas de outros países consideram que a reeleição de Maduro em 2018 foi ilegítima, e não o reconhecem como líder da Venezuela.

No entanto, Maduro segue no comando, com apoio das Forças Armadas e de países como China e Rússia. O país enfrenta uma grave crise econômica e social, que levou milhões de pessoas a deixar o país. ..

BN

Juazeiro: Alex Tanuri convoca sessão virtual para esta segunda-feira, 04/05, 15:00 horas

A Mesa Diretora da Câmara de Juazeiro convocou para esta segunda-feira (04), Sessão Ordinária online, a partir das 15h. Com temas abertos na sessão, os parlamentares deverão priorizar questões sobre o enfrentamento do Coronavirus (COVID-19) no município.

Segundo o presidente Alex Tanuri (PP), um dos objetivos é discutir com o conjunto dos vereadores formas de contribuir para a prevenção do Coronavirus: "A Câmara de Juazeiro mais uma vez se coloca como instrumento de ação em benefício de nossa cidade. Sabemos do perigo do COVID-19 e vamos nos reunir e discutir formas de apoio às ações que se desenvolvem para o combate ao vírus", disse...

Ascom CMJ

Bolsonaro indica novo nome para Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro nomeou agora a pouco, segunda-feira (4), o delegado Rolando Alexandre de Souza como novo diretor-geral da Polícia Federal. A nomeação foi publicada em edição extra do "Diário Oficial da União".

A opção por um novo nome se deu em função de uma decisão do STF, através do ministro Alexandre de Moraes, suspendendo a nomeação de Alexandre Ramagem, com a justificativa de não atender as regras da impessoalidade...

redeGN

Em plena pandemia, Petrobrás muda assistência médica gerando custos extras de R$ 2 bilhões, diz Federação Única dos Petroleiros

A mudança na gestão da assistência multidisciplinar de saúde (AMS) dos trabalhadores da Petrobrás, proposta pela diretoria da Petrobrás de forma unilateral na última segunda-feira (27/4) e aprovada pelo Conselho de Administração da companhia, vai gerar uma despesa de pelo menos R$ 2 bilhões à empresa, aponta a Federação Única dos Petroleiros (FUP).

A entidade recebeu tais informações de fontes ligadas ao processo. Além dos custos extras, a alteração da gestão da AMS deve aumentar a cota dos trabalhadores nos custos da assistência médica, atualmente de 30%, e cria instabilidade aos cerca de 246 mil beneficiários justamente no momento da pandemia de covid-19...

Ascom FUP

Governo do Estado disponibiliza canais para combater fake news

Com o intuito de ajudar a população baiana a checar informações relacionadas ao Governo do Estado, principalmente no que se refere ao combate ao novo coronavírus, a Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom) disponibilizou três diferentes canais para tirar as dúvidas dos internautas e evitar o repasse das famosas fake news (notícias falsas).

O cidadão que tiver uma dúvida deve enviar mensagens para os perfis do Governo da Bahia no Facebook (www.facebook.com/governodabahia/) e no Instagram (www.instagram.com/govba) ou no Whatsapp, pelo número (71) 99646-4095...

Secom Bahia

Campo Formoso: Estudantes da rede municipal de ensino vão receber kits da alimentação escolar

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Campo Formoso vão receber kits de alimentação escolar, de acordo com um cronograma pré-estabelecido pela Prefeitura, aprovado pelo Conselho de Alimentação Escolar (CAE).

O combo é composto por alimentos que fazem parte do cardápio da merenda: arroz, feijão, macarrão, açúcar, leite em pó, flocos de milho e biscoito...

Ascom Campo Formoso

Entidades repudiam ataques à imprensa, no dia da liberdade de Imprensa!

No dia da liberdade de Imprensa, entidades reagiram aos ataques sofridos pela imprensa, que cobria atos antidemocráticos realizados em Brasília, neste domingo (3), que contaram com a presença do Presidente Jair Bolsonaro. 

Aglomerados em frente ao Palácio do Planalto, contrariando todas as recomendações dos organismos de saúde, inclusive do próprio Ministério, comandado agora por Nelson Teich, os manifestantes gritavam palavras de ordem pelo fim do distanciamento social, contra o Congresso Nacional, o STF e atacaram jornalistas de diversos veículos que cobriam o evento. ..

redeGN

Moro diz que apresentou provas e que muito mais poderá vir à tona

Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública, considerou como “longo, mas tranquilo” o depoimento prestado na Policia Federal, em Curitiba, neste sábado (2). 

De cordo com o ex-ministro ele teria apresentado “bastante coisa”, que embasariam a comprovação das acusações que fez quando da sua saída do Ministério da Justiça e Segurança Pública...

Da redação redeGN

Esposa de Moro posta foto de outdoor do marido e provoca Bolsonaro: 'Verdade acima de tudo'

A esposa do ex-ministro Sergio Moro, Rosângela Moro, publicou no seu Instagram uma imagem de um outdoor, em Curitiba, que fazia uma homenagem ao marido.

Na legenda da foto, Rosângela provocou o presidente Jair Bolsonaro, rebatendo a acusação de que o ex-juiz teria mentido em suas acusações ao deixar o governo...

Foto Reprodução Instagran

Para Zó, o 1º de Maio reforça luta contra um governo de crises

O 1º de Maio será diferente esse ano. O Dia do Trabalhador será realizado, pelas centrais sindicais, através da internet: uma live de 4 horas com artistas e mensagens aos trabalhadores e as trabalhadoras sobre saúde, emprego, renda e defesa da Democracia. 

Mesmo à distância, a luta é firme contra o governo Bolsonaro, que aprofunda crises na saúde, na economia e na política. "É uma condução desastrosa de um presidente que diz não ser coveiro e que não faz milagres (sendo 'messias'), para falar das mortes de milhares de brasileiros pela COVID-19", critica o deputado estadual Zó (PCdoB)...

Ascom Dep. Estadual Zó

"E daí a relação de amizade?", diz Bolsonaro sobre indicação à Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender, na manhã desta quinta-feira (30/4), a nomeação do delegado Alexandre Ramagem para a direção-geral da Polícia Federal, impedida por uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moares. “É uma pessoa competente. E daí a relação de amizade?”, questionou.

A decisão do ministro, tomada na quarta-feira (29/4), atendeu a um pedido apresentado pelo PDT. Em liminar, Moraes justificou falando sobre princípios de impessoalidade. “(...) o exame da legalidade, moralidade e impessoalidade, além do aspecto formal, compreende também a análise dos fatos levados em conta pelo Presidente da República ao realizar determinada nomeação”, traz o ministro na decisão...