RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 8 registros para a palavra: mauricio dias cordeiro

"Praça turca" em Juazeiro,  continua sendo referência internacional

"Praça turca" em Juazeiro,  continua sendo referência. Premiada em primeiro lugar na bienal iberoamericana de arquitetura em Lisboa-Portugal,  a Praça  Dedé Caxias("Praça Turca") continua sendo referência em escolas de arquitetura e design pelo mundo.

Sarah, filha do nosso amigo Jorge Khoury, fez Arquitetura e Urbanismo em Salvador, e está fazendo uma Pós em "Design de Interiores" no Instituto Europeu de Design - IED (de Milão-Itália). Em São Paulo, em uma aula, viu uma professora apresentar e fazer muitos elogios. A Praça foi construída na gestão do ex-prefeito Misael Aguilar., projeto da arquiteta Naia Alban Suarez...

ESPAÇO DO LEITOR: JUAZEIRO URGENTE! 

Atenção "bolsonaristas" juazeirenses, esqueçam o governador Rui Costa, o prefeito Paulo Bomfim e "esquerdistas" como eu, atravessem o rio, peçam ao presidente justiça,  respeito e apoio para concluir  o projeto SALITRE  e o "canal do sertão ". Dos mais de 31 mil hectares previstos, apenas pouco mais de 5 mil foram implantados e já apresentam maior produtividade. O projeto Nilo Coelho mudou Petrolina!

Quando Fernando Henrique visitou a "Fenagri" em Juazeiro,  o deputado Jorge Khoury facilitou o acesso ao presidente e o meu filho Moisés, entregou a ele uma canção que pedia amor ao rio São Francisco...

14 de março é de Ceceu, é de Galvão, de Expeditinho, é de Manuca!

Só nestes "tristes trópicos", aparecem: um senador como Álvaro Dias, um congresso de retrocessos, uma presidente Dilma, para colocar os poetas e o dia da poesia em conflitos? 14 era o dia Nacional da poesia, há tempos comemorado e não oficializado.Data em que nasceu na Bahia o gênio de Ceceu Castro Alves. Hoje é o dia 31 de Outubro, data de nascimento de outro gênio moderno:Drummond de Andrade.. mas ninguém festeja nada nesta "horda".

Lá vinha os "Parangolés" da "tropicália", Hélio Oiticica despontando na rua da 28 em carroças coloridas, adentrando a rua da Apolo.. Aprígio Duarte impávido era testemunha. Era o carnaval poético de Manuquinha que saia de um bairro distante e parava o centro da cidade...

A coroa de espinhos no coração

Como tecer
Uma canção feliz
Depois de você?
Não dá para aceitar 
Para esquecer não dá 
Para dormir - despertar 
Desistir também não dá 
Perdoar agora?
Cristo!Criança!
Beatriz!
"Golgota" na escola 
De nossa senhora?
A crucificação  
No chão desenhada
Com giz

No ermo do seu ego ateu 
A humanidade no breu 
Não sabe nada de Deus
Pensa que sabe?

Desde menino 
Não entendia 
Aquele corpo 
Ainda na cruz
Aquela coroa de espinhos 
No coração de Jesus 
O senhor morto! Como?
Como matar uma luz?

A tez da sexta feira é cinza
A paixão é santa 
O sangue é tinto
A lua é quase cheia
O Judas arde
A "matraca" canta 
A ceia é farta
E a fome  tanta!

Eu!

Maurício Dias Cordeiro (Mauriçola)..

Interlúdio: "Tem palmas!!??"

"Há quem sambe diferente noutras terras outra gente num barulho de matar"..João Gilberto, mudando a letra de "Brasil pandeiro" de Assis Valente na gravação de um especial para a tv Bandeirantes, teatro cultura artística, São Paulo, início dos anos 80. Eu estava lá, fui levado por Luiz Galvão. Antes de João surgir impávido, no palco do TCA , uma platéia de publicitários e patrocinadores fazia um barulho terrível...

E aqui, na terra do gênio, de bossa nova e silêncio só mesmo uma escultura ao lado do vaporzinho...

Homenagem: Viva Parlim!

Justíssima homenagem ao nosso saudoso e querido amigo Parlim - Paulo Marcos Vianna. Sua obra deve ser preservada. "Bico Doce" pode ser um grande educador...
 

Carlos Maurício Dias Cordeiro (Mauriçola)..

Mauriçola compõe canção em homenagem a menina Beatriz

O cantor e compositor juazeirense, Maurício Dias (Mauriçola) apresentou no programa Geraldo José desta sexta-feira (29) uma canção feita em homenagem à memória da menina Beatriz Angélica Mota, assassinada em dezembro do ano passado noColégio Maria Auxiliadora em Petrolina. Hoje, já se passaram 142 dias do crime e até agora ninguém foi preso. 

O músico ressaltou que irá enviar o material para os pais da criança e que se autorizado gravará a canção em estúdio. Mauriçola frisou que tem a ideia de reunir outros artistas para gravar a canção em um único CD. Todo o dinheiro arrecadado seria destinado a instituições filantrópicas...

BOM EXEMPLO!

Juntando, organizando, limpando, pintando, Juazeiro agradece e fica até um pouco mais bonita!

Carlos Maurício Dias Cordeiro..