RedeGN - Imprimir Matéria

Mototaxistas realizam manifesto ao lado da EPTTC

01 de Nov / 2010 às 08h10 | Política

Regulamentação dos pontos de apoio, renovação da tabela de preço  e uma fiscalização coerente do serviço de Mototáxi e Moto Boys em Petrolina. Estes  assuntos compõem  a pauta de reivindicação dos filiados á Coopermototaxi- Cooperativa de Trabalho dos Mototaxistas e Motoboys de Petrolina. Para chamar à atenção sobre a realidade do serviço que está sendo oferecido a sociedade san-franciscana, os profissionais do motociclismo realizam nesta segunda–feira (01) de novembro, apartir das 09 horas, uma manifestação de advertência. O ato acontecerá ao lado da EPTTC próximo ao CEAPE.   

De acordo com representantes da Coopermototaxi, a Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo, órgão responsável em coordenar, os serviços de transportes públicos no município, autorizou o serviço de mototaxistas por meio de alvarás de funcionamento da prefeitura, mas, a regulamentação do serviço não acontece a contento.

Os Mototaxistas esperam a consolidação da regulamentação acordada com a EPTTC. Para o presidente da Coopermototaxi, José Vicente Barbosa, a regulamentação ainda é um sonho: “Eu acredito que as normas da regulamentação só poderão ser adequadas quando a EPTTC criar uma secretaria exclusiva para atender a nossa categoria. Enquanto isso não acontece, quem sofre é o povo que tem que pagar a taxa mínima de R$ 4 reais e os Mototaxistas que estão perdendo seus passageiros”. Explica Barbosa.

 Ainda de acordo com Barbosa, a Tabela de preço de cada viagem do mototaxista deve ser urgentemente reconfigurada ele acredita que o preço justo a realidade local seria “Pequeno percurso R$ 3 reais e o longo até R$ 8 reais durante o dia” enfatizou o Presidente.

Jean Brito Assessoria de Imprensa

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.