RedeGN - Imprimir Matéria

Vereadores de Petrolina subiram o tom após votação da denuncia contra Temer

07 de Aug / 2017 às 08h30 | Política


A votação na Câmara Federal já são águas passadas, mas pelo Brasil afora, prós e contras ainda reverberam o engavetamento da Denúncia do Procurador da República, Rodrigo Janot. Na semana passada, na Câmara de Petrolina, o assunto foi colocado na pauta e o tom subiu entre o vereador Ronaldo Silva (PSDB) e Gilmar Santos (PT). 

“Vou falar mal do PT até o fim, porque Lula foi o chefe da quadrilha que surrupiou o nosso país”, disse Ronaldo Silva, reforçando essa tese em diversos trechos do discurso: “O ex-presidente Lula foi réu pela terceira vez, já dá para ir para o fantástico pedir música”, ironizou.

Gilmar Santos devolveu no mesmo tom: “O senhor mente, vem aqui falar de moral, defender bons costumes, moral e ética, quando 22 deputados do PSDB votaram pela manutenção da corrupção de Temer”. E alfinetou ainda mais: “O senhor bebe o ódio que produz, destila ódio contra o ex-presidente Lula, contra o PT, trata como se a população não tivesse inteligência, quer estimular a cultura de idiotização das pessoas e imbecilização das pessoas”, disse.

O embate político deve ter outros capítulos.

Da redação Blog Geraldo José

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.