RedeGN - Imprimir Matéria

Coelba dá dicas de como usar o ar-condicionado de forma racional e eficiente

16 de Dec / 2016 às 11h28 | Informativos

O verão está chegando e com ele a necessidade de manter o ar-condicionado ligado por mais tempo. Em função da potência e do tempo de utilização, esse eletrodoméstico pode ser um dos principais responsáveis pelo aumento na conta de energia elétrica durante os períodos mais quentes do ano. A boa notícia é que é possível atravessar o verão sem tomar sustos com a conta final do mês. Acompanhe as dicas da Coelba:

1 - Escolha a potência adequada para o ambiente

Escolher corretamente a potência do equipamento para o tamanho do ambiente vai fazer você evitar gastos excessivos. Os sites de alguns fabricantes disponibilizam uma calculadora online para o cálculo aproximado da capacidade (BTU/h), levando em consideração a área, a quantidade de pessoas, a orientação geográfica, a presença de janela, cortinas e potências de outros equipamentos. Outra opção é consultar uma empresa especializada antes de efetuar a compra.

2 - Confira o consumo de energia antes da compra

As tabelas dos equipamentos com SELO PROCEL e ENCE/INMETRO contêm o consumo de energia de todos os tipos e modelos de ar condicionando presentes no mercado, calculados por uma hora com uso mensal. Nos sites www.procelinfo.com.br e www.inmetro.gov.br você consegue obter essas informações. Pesquise antes de comprar e dê sempre preferência aos equipamentos com SELO PROCEL.

3 - Prefira modelos com tecnologia Inverter

Os modelos com tecnologia Inverter alcançam a temperatura desejada mais rapidamente e mantêm a mesma por todo o tempo de uso. Eles também regulam os picos de flutuação de energia alternando a velocidade do aparelho, o que permite uma maior economia em relação aos modelos com compressores convencionais.

4 - Instale o aparelho corretamente

Se for possível, instale o ar-condicionado em local que não fique exposto ao sol. Os aparelhos instalados na área externa devem ter proteção, mas tenha cuidado para não bloquear a ventilação. Instale-os em pontos mais altos da casa e associe o uso do ar-condicionado ao de ventiladores de teto. Assim, você  pode aumentar  a temperatura do ar condicionado sem prejudicar o conformo térmico, economizando mais energia.

5 – Feche portas e janelas

Nunca utilize o ar-condicionado com as portas e  janelas  do ambiente aberto. Isso dificulta o resfriamento e, consequentemente, o aparelho terá que “trabalhar” mais para refrigerar  o local, aumentando o consumo de energia. Mantenha sempre as  portas e janelas bem fechadas para evitar a troca de ar com o ambiente externo.

6 - Regule o termostato

Verifique se o termostato está funcionando corretamente e regule de forma adequada. Quanto menor a temperatura do termostato, maior o consumo energético. O ideal é ficar entre 22°C a 24°C, pois a diminuição da temperatura pode aumentar o consumo em até 7% por grau de redução de temperatura.

7 - Mantenha os filtros limpos

Limpe regularmente os filtros do ar-condicionado. Além de facilitar a circulação do ar e  economizar energia, ajuda a manter a qualidade do ar do ambiente, evitando doenças. O filtro sujo pode ser um meio de propagação de bactérias. Limpe o filtro de dois em dois meses, em média. Se o ambiente for muito empoeirado, a limpeza pode ser feita semanalmente.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.