RedeGN - Imprimir Matéria

Roberto Carlos defende o mercado informal

01 de Sep / 2010 às 11h10 | Política

Como ex-camelô, o deputado e candidato a reeleição, Roberto Carlos (PDT), disse em conversa com o blog que enfrentou todas as dificuldades e perseguições desta categoria. “Tive a honra de presidir a Associação dos Pequenos Comerciantes do Mercado Municipal de Juazeiro e defender os interesses dos feirantes junto às autoridades municipais, visando sempre melhorar as condições de trabalho dos companheiros trabalhadores. Por isso, como deputado, trabalhei, junto aos governos Estadual e Federal, para tirar mais de 40 mil trabalhadores da informalidade e garantir FGTS, PIS, aposentadoria e os direitos assegurados pela CLT”, assegura o parlamentar primeiro secretário da Assembléia Legislativa.

Roberto Carlos frisou ainda que trabalha junto aos gestores municipais para que sejam destinados locais, denominados camelódromos, onde os camelôs possam trabalhar sem sofrer nenhum tipo de ameaça ou constrangimento. Afinal, não há emprego para todos e muitos são obrigados a trabalhar na informalidade para garantir sua sobrevivência.

“Quero continuar trabalhando para essas pessoas honestas, que buscam, apenas, uma oportunidade de trabalho para sustentar suas famílias e, assim, ajudar a construir o desenvolvimento da Bahia com mais igualdade e justiça social”, concluiu o deputado.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.