RedeGN - Imprimir Matéria

Alunos de escola pública em Petrolina desenvolve projeto "A cidade de energia eólica"

19 de Aug / 2015 às 21h00 | Variadas

Uma maquete, que simula uma cidade e o funcionamento de um gerador de energia eólica, foi projetada por cinco alunos da Escola Municipal João Rodrigues de Macedo, no povoado de Cristália, interior de Petrolina.  O projeto contou com a orientação de um professor de Ciências e objetiva mostrar alternativas limpas para a geração de energia.

Montada pelos educandos Caio Amorim, Byanka Lima, Luandson Ribeiro, Wesley Wanderson e Natanael Brito, a iniciativa partiu da necessidade que os alunos identificaram no município de promover a utilização de energias alternativas, em uma região (semiárido nordestino) com rica oferta de energia solar e eólica.

No projeto, Natanael ficou responsável pela parte mecânica da cidade-maquete e, segundo ele, todos os integrantes do grupo de pesquisa aprenderam como torná-la praticável. O jovem também lembrou o motivo das pesquisas. "Vendo a crise (hídrica) e a falta de água, procuramos desenvolver um projeto que ajudasse a nossa comunidade", disse.

O orientador dos estudantes, professor Vilson Rocha, afirmou que cabe à escola usar ferramentas educativas para a conscientização e aprendizagem dos discentes. Ele salientou que por enquanto é apenas um projeto, mas que pode se transformar num produto viável para a sociedade.

A maquete - segue o princípio de geração de energia rotacional. Os educandos montaram um produto que, ao captar as partículas de vento em movimento, a energia cinética, transforma-se em eletricidade e, a partir daí, será distribuída para as residências.

O projeto concorreu com outros 18 experimentos de cunho científico na I Feira de Ciências do Município, realizado no último dia 31, e está disponível para apresentação ao público na Escola Municipal Rodrigues de Macedo.

Ascom/Petrolina

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.