RedeGN - Imprimir Matéria

Paulo Souto faz alerta sobre mortes silenciosas na Bahia

31 de May / 2010 às 16h30 | Política

Além de Geddel Vieira Lima (PMDB) e Luís Bassuma (PV), outro pré-candidato ao governo da Bahia que esteve presente dia passado (30) na feijoada do Dadau, foi Paulo Souto (DEM). À imprensa o ex-governador mais uma vez condenou a política de segurança pública e o setor de saúde do governo Wagner (PT).

“As pessoas às vezes notam apenas o crescimento dos homicídios, amplamente noticiado pelos jornais. Mas, tão graves quanto essas mortes violentas são as mortes silenciosas que acontecem diariamente nos corredores e nas portas dos hospitais por falta de atendimento”, alertou Paulo Souto.Classificando como gravíssima a situação, Souto destacou recente reportagem publicada no jornal A Tarde, que relata a morte de 426 pessoas nos postos de saúde, no ano passado, em Salvador, por não conseguirem ser transferidas para os hospitais do Estado. “Temos de reestruturar completamente o serviço público de saúde, tornando-o mais eficiente. Somente 15% das famílias baianas podem pagar um plano de assistência privado”, revelou.

O ex-governador foi recebido pelo deputado federal, Jorge Khoury (DEM) e pelo vereador Alex Tanuri do PSDB,  tendo sido saudado com grande carinho pelos presentes, que o abraçavam e solicitavam para tirar fotos com ele.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.