RedeGN - Imprimir Matéria

Entidade da Áustria conhece de perto ações de Convivência com o Semiárido no norte da Bahia

28 de Jan / 2014 às 10h00 | Variadas

Representantes da Agência de Cooperação do Movimento de Crianças e Jovens Católicos da Áustria – DKA Áustria, entidade com atuação em quatro continentes, visitaram o Irpaa este mês para monitorar o projeto que é desenvolvido com a cooperação da instituição. O objetivo da visita também foi de conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela instituição, os/as protagonistas das ações e a região Semiárida, principalmente, o bioma Caatinga.

São quase 20 anos de parceria entre a DKA Áustria e o Irpaa, garantindo as ações continuas de educação contextualizada, principalmente, para jovens e crianças do campo. Esta colaboração sem interrupções, além de ser um compromisso social da entidade austríaca, também é resultado do empenho e a responsabilidade do Irpaa ao desenvolver suas ações, o que vem garantindo que a DKA acredite na proposta de trabalho do Instituto e continue aprovado e sendo parceira da proposta da Convivência.

O atual projeto apoiado diretamente pela DKA é a “Valorização da Infância no Semiárido Brasileiro”, cujo trabalho é realizado por meio do baú e rodas de leitura e tem como objetivo possibilitar para crianças e jovens do Semiárido, principalmente da Zona Rural, a ampliação da leitura. Não só uma leitura de livros, mas do mundo, a partir do local em que estão observando os conhecimentos da proposta da Convivência. “E com isso as crianças vão melhorando a sua percepção de ver o mundo e, não só isso, vão melhorando também esse competência do ato de ler e escrever de uma forma mais prazerosa”, argumenta a Coordenadora Institucional do Irpaa, Lucineide Martins.

A responsável pelos projetos na DKA, Ângela Kemper, explica que é de interesse da instituição apoiar a educação para as crianças por defender que é preciso começar a formação do sujeito já na infância, “que as crianças e os jovens já aprendam a valorizar o seu ambiente e o contexto no qual vivem e que tenham uma admiração, um apreço e um amor por esta região”, defendeu.

Leia mais.

Comunicação IRPAA

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.