RedeGN - Imprimir Matéria

Empreendedores aproveitam o primeiro dia do mutirão para se formalizar em Juazeiro

11 de May / 2010 às 06h28 | Política

O pedreiro Manoel Pereira dos Santos, de 39 anos, foi o primeiro profissional a se formalizar nesta segunda-feira, em Juazeiro, no mutirão para a formalização do Empreendedor Individual. “Trabalhei ontem, domingo, para pagar com antecedência o dia de folga, hoje, para me formalizar”, disse ele, que saiu do distrito de Itamotinga, na zona rural, a 72 quilômetros de distância da sede. No ponto de atendimento do Sebrae, ele tirou as últimas dúvidas antes de sair com o CNPJ nas mãos. Durante o atendimento, Manoel falou sobre um acidente de trabalho que sofreu que o impossibilitou de trabalhar durante três meses. “Se eu contribuísse para a previdência, teria recebido um auxílio-doença, durante o período em que fiquei parado”, revelou. O auxílio-doença é um dos benefícios previdenciários de quem formaliza a atividade profissional no EI, que inclui, ainda, direito à aposentadoria por idade, por invalidez, licença-maternidade e pensão por morte.

A lavadeira Maria Célia de Matos também esperou o primeiro dia de mutirão em Juazeiro para formalizar a atividade que desenvolve há 21 anos. “É uma dia especial para mim”, disse a lavadeira que só havia contribuído para a previdência durante um ano, apenas, e, agora, passará a contribuir com 61 reais e 10 centavos mensalmente, incluindo o tributo referente à prestação de serviço. “Às vezes, a gente vai ao comércio e compra um sapato por mais de 100 reais. Por que não tirar um pouco do orçamento e contribuir para a segurança pessoal, não é?”, disse Célia, que vai poder tirar nota fiscal do trabalho que faz. “Já deixei de prestar serviço para a Polícia Militar porque não tinha nota fiscal”, lembrou. Depois de três anos trabalhando por conta própria, a costureira Maria Zenaide Rodrigues, também se formalizou. Ela está montando um pequeno ateliê no bairro Itaberaba e, além do registro da atividade, procurou o mutirão para tirar dúvidas sobre financiamento. Ela foi atendida por um assistente do Banco do Brasil. “Daqui, ela vai sair sabendo como abrir conta de pessoa jurídica e fazer financiamento para capital de giro”, disse o assistente Janício Santos.

Em Juazeiro, o Sebrae conta com instituições parceiras no mutirão: Prefeitura Municipal de Juazeiro, SAC, Sefaz, Juceb, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Sindicato dos Contabilistas, Desenbahia. Até sexta-feira, a programação inclui atendimentos individual e coletivo no centro, SAC, bairro João Paulo II e camelódromo. Os ambulantes que vão trabalhar no carnaval fora de época de Juazeiro (de 27 a 30 de maio), além da formalização, serão capacitados para prestar um melhor serviço nas ruas.

Programação:

Terça-feira – Dia 11 de maio

Dia do Ambulante do Carnaval de Juazeiro

Local: Grande Hotel de Juazeiro

Horário: das 9h às 12h 

Quarta-feira – Dia 12 de maio

Local: SAC

Horário: das 9h às 17h 

Quinta-feira – Dia 13 de maio

Local: bairro João Paulo II (praça da igreja)

Horário: das 9h às 17h 

Sexta-feira – Dia 14 de maio

Local: Terminal Rodoviário e Camelódromo

Horário: das 9h às 17h 

Outras informações sobre a lei do Empreendedor Individual em www.portaldoempreendedor.gov.br

Juliana Souza Comunicação / Sebrae Juazeiro

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.