RedeGN - Imprimir Matéria

Em comemoração ao Outubro Rosa, oncologista do HRJ faz alerta sobre o câncer de mama

17 de Oct / 2012 às 17h00 | Variadas

 

Movimento conhecido internacionalmente, o Outubro Rosa surgiu na tentativa de dar visibilidade à luta contra o câncer de mama. Adotando a fita rosa como símbolo, a mobilização vem contando com a adesão de um número cada vez maior de homens e mulheres, colocando o câncer de mama em discussão e chamando a atenção de toda sociedade para a importância do diagnóstico precoce.    

De acordo com o coordenador do Centro de Oncologia do Hospital Regional de Juazeiro (gestão IMIP), Rodrigo Pinto, o câncer de mama é um dos mais comuns no Brasil, e suas chances de cura são mais altas quando o tumor é diagnosticado nos estágios iniciais. “O Ministério da Saúde preconiza como prevenção a realização de mamografia anual para todas as mulheres acima dos 40 anos. Outro fato importante é a mulher conhecer o seu corpo. É fundamental que ela examine os seus seios e, notando qualquer anormalidade, procure logo o atendimento médico. Prevenir é sempre o melhor remédio e o quanto antes o diagnóstico é feito, maior é a chance de cura”, explica.

O HRJ realiza cerca de 300 mamografias por mês, e todos os exames são marcados através das secretarias de saúde dos municípios de Juazeiro e região. As pacientes diagnosticadas com câncer de mama são tratadas na Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância - APAMI.

Daniele Valois - Ascom/HDM

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.