RedeGN - Imprimir Matéria

Programa “Água para Todos” avança em Pernambuco

06 de Jul / 2012 às 08h30 | Política

O “Água para Todos”, programa do Ministério da Integração, realizado através da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), segue avançando em Pernambuco. Bodocó, Ouricuri, Araripina, Santa Cruz, Lagoa Grande, juntas, já somam milhares de cisternas instaladas. Em Petrolina não é diferente, a entrega de cisternas se matem em ritmo acelerado. No momento, mais de 150 cisternas já estão instaladas em diversas regiões da cidade, como por exemplo, nas comunidades de Uruás, Cristália, Cruz de Salinas, Caroá e Caititu. A previsão é que até o final do mês de julho sejam instaladas por volta de 500 cisternas.

O processo de instalação é o ultimo de uma série de ações que busca fazer com que a distribuição de cisternas aconteça com justiça, de acordo com a necessidade real da população. Em Petrolina, o primeiro passo foi dado no dia 16 de abril, quando foi instalado o Comitê Gestor do programa, eleito por representantes das comunidades da cidade. Fazem parte do Comitê representantes dos povoados de Rajada, Pau Ferro, Uruás, Simpatia, Cruz Salina, Caitutu, Capim, Rio Jardim, Caroá, Nova Descoberta e Izacolândia e ainda representantes da Secretaria de Ação Social e da Secretária de Agricultura do município.

Esse comitê e posteriormente mais de 500 pessoas das associações rurais da cidade foram capacitadas por funcionários da Codevasf, que fizeram apresentações a respeito do programa, esclarecendo quem poderia ser beneficiado e quais seriam os critérios para seleção. Entre esses critérios estão: morar na zona rural, ter renda per capita máxima de R$ 140 e não ter sido beneficiado com cisterna por representante do comitê ou da associação local.

Após a capacitação, os representantes das associações fizeram uma busca ativa, onde procuraram àqueles que poderiam ser beneficiados pelo programa, preencheram fichas com os dados desses possíveis beneficiários e encaminharam a Codevasf.  De posse dos dados, uma equipe de técnicos vai em cada uma das residências pra analisar se, de fato, o requerente obedecia aos critérios para receber o beneficio. Quando comprovada a obediência aos critérios, essas pessoas passam por capacitação onde aprendem a usar a cisterna.

Ascom Codevasf 3 SR

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.