RedeGN - Imprimir Matéria

MPF abre segundo inquérito contra Via Bahia

13 de Nov / 2011 às 12h00 | Política

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu abrir o segundo inquérito contra a concessionária Via Bahia para apurar o cumprimento do contrato firmado com o Estado a respeito da concessão da BR-324. O órgão irá investigar 10 pontos do acordo. A deputada estadual Graça Pimenta (PR) ressalta importância da ação.

“É muito importante que esse inquérito seja aberto e que as investigações sejam realmente feitas. A BR-324 apresenta diversos problemas, dentre eles desnivelamento da pista e falta de acostamento, além dos constantes buracos que se formam na rodovia, ainda mais nos períodos de chuvas. Os usuários merecem trafegar em uma pista de qualidade, segura, uma vez que pagam por isso. A cobrança de pedágio na atual situação em que a rodovia se encontra é um absurdo”, declara a parlamentar.

Os pontos que serão investigados são: restauração do pavimento, a contagem de veículos por trecho, verificação da eficácia da drenagem do asfalto, implementação do serviço de pavimentação dos acostamentos, padronização do serviço de tapa-buracos, pistas de desaceleração próximas a postos de gasolina, monitoramento do índice de irregularidades nas ondulações e trepidações da pista, ocupação irregular de faixas de domínio da BR-324, tratamento social das questões e implantação de defesas metálicas em pontos críticos e vulneráveis da pista.

Ascom Deputada Graça Pimenta

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.