RedeGN - Imprimir Matéria

CDL de Juazeiro faz pesquisa com lojistas e não acata Horário de Verão

06 de Oct / 2011 às 20h30 | Política

Considerando que o governador Jaques Wagner definiu pelo Horário de Verão no Estado da Bahia, iniciando dia 16/10 (domingo) e que Petrolina seguirá o seu funcionamento normal, não aderindo ao novo horário, a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Juazeiro fez uma consulta aos seus associados e vai permanecer com o horário atual.

Em nota ao blog, o presidente da entidade, Erivaldo Oliveira, justifica. “Em  razão da mudança de horário, teríamos sérios problemas tanto no comércio quanto nas escolas das duas cidades, exigindo esforço e readaptação fisiológica que em nada favorece para os moradores que tem compromissos diários nas duas cidades, além de prejuízo para o comércio local. Assim, a CDL realizou em pesquisa de opinião com 200 empresários acerca do cumprimento em Juazeiro do horário de verão a resposta foi a seguinte: 97% aceitam adequação no horário de verão para compatibilizar com o horário que será mantido por Petrolina. Desta maneira,  a orientação da CDL é que a partir de 17 de outubro, o comércio de Juazeiro abra suas portas das 9 às 19 horas (horário de verão) de segunda a sexta-feira. No sábado, das 10 às 14 horas (horário de verão), ficando compatível com o horário da vizinha cidade de Petrolina”.

A partir desta decisão, a entidade ainda emitiu as seguintes orientações a escolas e universidades de Juazeiro:

A sugestão da CDL é que as escolas de Juazeiro acompanhem o horário do comércio, mantendo para crianças e adolescentes o mesmo ritmo do horário que hoje é cumprido.

Como em algumas Faculdades/Universidades EAD o curso é oferecido em vídeo aula (muitas ao vivo e realizada a partir do sul do país) que haja bom senso do lojista na liberação do seu profissional um pouco mais cedo nesse período.

A CDL salienta que observará o que está decidido pelo Governo do Estado, não desrespeitando a decisão, apenas introduzirá a adequação de horários, fomentada por pesquisa de opinião, como forma de privilegiar as relações comerciais e escolares vivenciadas pelos moradores de Juazeiro e Petrolina.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.