RedeGN - Imprimir Matéria

Greve de técnicos ‘está atrapalhando’ universidades federais, diz ministro

09 de Sep / 2011 às 19h40 | Política

O ministro da Educação, Fernando Haddad, criticou nesta sexta-feira (9) a greve de servidores técnicos das universidades federais, que começou em junho. O ministro disse que a categoria “abandonou” a mesa de negociação e que tem descumprido, em alguns locais, a decisão judicial que obriga 50% dos servidores a trabalhar. Para ele, isso “está atrapalhando” o andamento das atividades nas universidades. Fernando Haddad participou do programa “Bom Dia Ministro”, transmitido pela TV estatal NBR. A Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras (Fasubra) negou que descumpra a decisão e que tenha abandonado as negociações. Disse ainda que o governo tem “criminalizado” a greve. Haddad disse que o governo federal fez “todos os esforços” para evitar a greve. “Eu lamento muito o que ocorreu porque o Ministério da Educação fez todos os esforços, eu pessoalmente me envolvi junto à categoria. Fizemos esforços para que os técnicos não abandonassem a mesa de negociação. Recebi sem audiência marcada. E veja que os professores que não romperam as negociações saíram com acordo. Acordo é sempre melhor do que uma briga.” (G1)

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.