RedeGN - Imprimir Matéria

ESPAÇO DO LEITOR: A GRANDE CONQUISTA DO IFET E A TENTATIVA DE DESQUALIFICÁ-LA

18 de Aug / 2011 às 07h40 | Espaço do Leitor

Juazeiro recebeu nesta terça-feira, dia 16, uma excelente notícia. A chegada de um campus do IFET representa muito para todos que fazem e têm compromisso com a educação da nossa cidade, numa comprovação prática de que anos e anos de atraso e descaso começam a ser superados.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia se constitui num riquíssimo e incontestável instrumento de promoção de avanços econômicos para o município, favorecendo a qualificação da mão-de-obra local e oportunizando aos jovens concretas possibilidades de formação profissional e ascensão social. O caminho para um sociedade mais equânime, como sabemos, é pavimentado pela educação.

Todavia, como é de praxe numa democracia ainda não completamente amadurecida, sempre aparecem os que querem desmerecer grandes conquistas. Há políticos locais tentando associar a vinda do IFET aos baixos indicadores sociais e educacionais do nosso município.

Ora, indicadores ruins nós sempre tivemos! Ninguém seria capaz de negar isso. A diferença é que muito pouco se fazia para se reverter tais quadros. Prova disso é que Petrolina, nossa constante referência, já possuía a mesma instituição há 20 anos! Além disso, diversas cidades menores que Juazeiro já contavam com suas unidades do IFET, enquanto padecíamos pela ausência de força política.

Caso fosse esta conquista fruto do “demérito”, como querem fazer crer, vários outros municípios, que têm indicadores bem piores que os nossos, seriam os contemplados ao invés de Juazeiro. Por tudo isso, é um erro crasso deixar de reconhecer que houve empenho e prestígio político para que o IFET chegasse a nossa cidade, mas é um erro maior ainda tentar desqualificar a conquista.

Nossa juventude sabe o valor desta instituição. Nossas famílias sabem a importância de ver seus filhos estudando e se profissionalizando aqui. Mas, infelizmente, há políticos que não sabem ou que, de maneira oportunista, fingem não saber.

Não me surpreendo com a capacidade que alguns têm de dizer bobagens. O que me causa espanto é a não percepção de que existem momentos em que é melhor ficar calado, se lhes falta a virtude de reconhecer os méritos alheios!

Clériston Andrade

Gerente de Formação Continuada da SEDUC

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.