RedeGN - Imprimir Matéria

Moradores apontam incêndio criminoso em área de comunidade de fundo de pasto em Casa Nova

05 de Aug / 2022 às 16h00 | Variadas

Na madrugada da última quarta-feira (3), moradores/as da comunidade tradicional de fundo de pasto Melancia, no município de Casa Nova, norte da Bahia, foram surpreendidos com focos de queimadas em seu território. O fogo, que começou por volta das 5h, só foi contido no meio da tarde com a chegada do Corpo de Bombeiros e um carro pipa.

De acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Juazeiro, cerca de 30 hectares de caatinga, utilizados para pastagens dos animais e próximo às residências, foram destruídos pelo fogo. No mesmo dia, outro foco de incêndio foi registrado na Comunidade Rancho Alegre, também em Casa Nova. Mas, diferente do que aconteceu na Melancia, a comunidade conseguiu conter as chamas rapidamente.

Ainda segundo a CPT, os moradores locais acreditam que o incêndio tenha sido criminoso e não acidental. Há cerca de duas semanas, pessoas desconhecidas passaram a rondar a região dizendo que toda a área teria sido comprada e que as pessoas que vivem lá teriam que sair. De acordo com os/as trabalhadores/as rurais, há alguns, esses desconhecidos chegaram a iniciar focos de incêndios que acabaram não evoluindo, e também estão sobrevoando a área com drones.

A comunidade registrou um Boletim de Ocorrência sobre o incêndio e encaminhou uma denúncia ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Melancia pertence ao território tradicional de fundo de pasto de Areia Grande. Há mais de 40 anos essas terras são alvo de conflitos, inclusive grilagens, e os/as camponeses/as têm resistido para permanecer em seus territórios e garantir seus jeitos de viver.

Da Redação RedeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.