RedeGN - Imprimir Matéria

Hospital de Traumas alcança índices de infecções menores que o recomendado pelo Ministério da saúde

08 de Jun / 2011 às 22h10 | Política

O Hospital de Urgências e Traumas (HUT) vem implantando medidas que diminuíram consideravelmente o número de infecções hospitalares (IH) na unidade. As alternativas implantadas pela Comissão de Controle de Infecções Hospitalares (CCHI) conseguiram reduzir o nível de infecção para 3 %, índice menor que o recomendado pelo Ministério da Saúde (MS). Segundo a gerente do CCHI, Maria José Roberto Nunes, desde fevereiro vem sendo realizada no HUT ações educativas e medidas que contribuíram bastante para redução dos números, que caiu de 15% para 3%.

“Estamos promovendo uma gincana que premia com um livro o funcionário que tiver o maior número de lavagens de mãos durante o trabalho. Outra ação que surtiu resultados foi a identificação de materiais como lençóis e material de higienização por setor, sendo proibido o trânsito de um setor para outro, evitando o uso indiscriminado de materiais potencialmente contaminados em setores limpos.  A desinfecção das salas amarela e vermelha, além da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) também vem sendo  realizado”, explica.

A implementação de filtros bacteriostáticos, que filtram as bactérias das vias respiratórias de pacientes que necessitam de ventilação mecânica, faz com que haja menos produção de secreção e consequentemente diminuem o risco de infecções. Além disso, todas as enfermarias possuem pias com dispensadores de sabão e papel para que os médicos, enfermeiros, acadêmicos e visitantes possam fazer a lavagem das mãos ao transitarem entre os leitos. “A boa conduta dos profissionais de saúde aliada aos cuidados que cada paciente e familiar devem ter no hospital colaboram no combate à infecção hospitalar e consequentemente na promoção da saúde”, ressalta Maria José.

ASCOM HUT/UNIVASF

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.