RedeGN - Imprimir Matéria

Leitor cobra providências para terreno da antiga Sucam, em Juazeiro, que está completamente abandonado

30 de Jun / 2022 às 20h30 | Espaço do Leitor

Um morador da rua Visconde do Rio Branco, no Centro de Juazeiro, nas proximidades da comunidade de pescadores do Angari, entrou em contato com a redação RedeGN para cobrar providências em relação ao terreno onde ficava situado o antigo prédio da Superintendência de Campanha de Erradicação da Malária (Sucam), naquelas imediações. O leitor destaca que, com o terreno completamente abandonado, o mato tomou conta de toda a área, virando ainda criadouro para animais pençonhentos. Além disso, de acordo com ele, pessoas costumam adentrar a área, principalmente à noite, o que deixa os moradores da vizinhança preocupados e expostos à violência.

"Ninguém sabe quem é o responsável pelo terreno, que hoje se encontra cheio de mato, e também virou criadouro de animais como ratos e saruês. Muitas vezes, nós moradores nos deparamos com esses animais que vêm deste terreno para dentro de nossas casas, principalmente à noite, período que também podemos observar indivíduos saltando e adentrando no terreno para fazer sabe-se lá o quê, ali dentro", reiterou.

"Pedimos uma solução da prefeitura, para que pelo menos limpe o terreno, e que com isso acabe com a invasão desses bichos em nossas residências e melhore a segurança em nossa rua e bairro", pontou o morador.

A RedeGN procurou a Prefeitura de Juazeiro, que através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb), informou "que encaminhará uma equipe ao local para mapear a área e tentar identificar o dono do terreno para que seja notificado para realizar a limpeza do terreno".

Da Redação RedeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.