RedeGN - Imprimir Matéria

Número de pessoas em situação de rua e pedintes aumenta em Juazeiro e Petrolina

30 de Jun / 2022 às 14h00 | Variadas

É bastante vísivel o número de pessoas pedintes nas ruas de Juazeiro e Petrolina. Com a crise econômica e os altos índices de desemprego, uma realidade triste tem se destacado: a presença de muitos pedintes nas portas de restaurantes, orla e semaforos.

A REDEGN flagrou crianças "vendendo" doces na orla de Juazeiro. 

Seja por necessidade, e falta de políticas eficazes pedintes se submetem diariamente a situações humilhantes e muitas vezes são insultados pelas pessoas de quem esperavam ajuda.

A funcionária pública, Maria da Conceição avalia qu a população percebe sim aumento do número de pedintes e instituições pedindo dinheiro a motoristas em semáforos e pontos de intenso movimento da cidade.

“Tenho observado que nas regiões centrais sempre tem alguém vendendo algo, pedindo dinheiro ou fazendo malabarismos”, comenta.

“O meu principal questionamento é: onde estão as políticas sociais do município? Eu moro há décadas aqui em Petrolina, frequenta orla Juazeiro e nunca vi tantos mendigos, pedintes e ambulantes assim”, reforça. 

“Eles precisam da ajuda do município e da população, é preciso abordar essas pessoas e fortalecer as políticas públicas para elas. O que eu vejo é que as instituições se esforçam, mas não estão dando conta de atingir toda a demanda, é preciso que o governo apoie”.

NOTA PREFEITURA JUAZEIRO: A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes), esclarece que o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua é um serviço criado para cuidar e oferecer mais dignidade para as pessoas em situação de rua. O município não pode obrigar esses usuários a saírem das ruas, visto que o direito de ir e vir está garantido na Constituição Federal, mas pode contribuir para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, com a oferta de alimentação, banho, um espaço para higienização de suas roupas e pertences, encaminhamento para consultas, exames e outros serviços de cidadania. Quando esses usuários consentem com a sua saída das ruas, eles são encaminhados para o nosso serviço de acolhimento, onde além dos cuidados com alimentação, higiene e saúde, também dispõem de alojamento. Ascom/PMJ

NOTA PREFEITURA PETROLINA: A Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), disponibiliza de equipes especializadas para atendimento as pessoas em situação de rua, através do Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS) que funciona de segunda a sexta das 08h ás 18h.
Também dispõe dos equipamentos: Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) e Abrigo Municipal, 
que dispõe de infraestrutura e equipe técnica para acolhimento e acompanhamento das situações de vulnerabilidades dos acolhidos.
Telefone para informações e denúncias: (87) 98838-7979

Redação redeGN Texto e Fotos arquivo Ney Vital

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.