RedeGN - Imprimir Matéria

Artigo - Candidato cibernético (Fantasma)

22 de Jun / 2022 às 23h00 | Espaço do Leitor

Presidente Bolsonaro! Glorifique a fé! Não temer nem acredite nas predições ou profecias das Cassandras. Siga sua missão aqui na terra, por ser o Jair Messias para o destino da Pátria Amada Brasil. Cada qual tem o ar que Deus lhe deu! (Machado de Assis). Marcará história. A história é a consciência viva dos homens e dos povos (Marc B    loch).

Presidente! Ignore as provocações dos demônios, que querem a sua alma. Creia no Exorcismo! Mas não é necessário procurar um estudioso da natureza e, da influência dos demônios, Demonólogo. Já é feito de berço, corpo fechado de nascença.

Mantenha a fleugma, mostrando frieza; ausência de emoção ou perturbação. Diga: Retira-te Satanás; nunca me aconselhes coisas vãs! Bebe tu mesmo do teu veneno. Enquanto os cães ladram a caravana passa Não tenha receio dos espíritos de porco, inconvenientes, que tumultuam o Brasil, alegando golpe, querendo convulsão social, para saírem como vítimas. Estão sem fôlego pra luta. O povo e a razão “grudam” no Messias, o qual conhece suas ovelhas e as ovelhas o conhecem! Quem está com a vontade e a força do povo canta o hino da vitória. Isso causa loucura aos mamadores que perderam o curral das tetas de ouro.

“Non possumus non loqui: (Não podemos deixar de falar)”. O homem tem todo o direito de se exprimir por meio da palavra; direito de expressão. Pode dar a sua opinião abertamente dentro da ordem democrática, sem risco de ser amordaçado. “A opinião é a suprema legisladora dos povos e dos reis.” (Pitágoras). Sendo o contrário é dar lugar à incúria, transgressão da verdade sensível e a anarquia generalizada.

Ninguém é considerado forte, importante, ou o próprio Estado, quando na verdade não o é. Seu fim é não passar pela peneira da salvação, razão, da vida e ter que cair no monturo, esquecimento. “A melhor fortaleza que possa existir é não ser odiado pelo povo; mesmo que tenha fortificações, elas de nada valem se o povo te odeia!” “As próprias obras é que prejudicam os malvados.” (Santo Agostinho).

Um antagonismo doentio, encosto, barrufa a nossa Pátria; forças opositoras sem o devido senso comum; animus nocendi (propósito de causar dano). Acordai Presidente! As tramas estão orquestradas. Não caia em cilada dos desesperados, maçadores, que aborrecem e são órfãos das mamatas e das chupetas de ouro. Não belisque a isca maldosa. Estão sem a ordenha rica. Reconhecem o abismo e a derrota; logo, procuram se transfigurar em inocentes, quando dos conflitos. Presidente! Vencerá os dragões usando as armas do desespero.” Deus não nos dá o fardo mais pesado, do que os nossos ombros possam suportar.” Quando se vence sem passar por perigos e riscos não há glória. Glorifique a fé, que as Cassandras murcharão. As eleições presidenciais estão à porta! Um consenso patriótico não é demérito para os litigantes; sim, ato de nobreza. Os brasileiros não somos manequins, sendo manipulados, movidos por cordéis. Merecemos respeito, sobretudo, precisamos sair do estado psicológico, se haverá eleições ou não, devido ao impasse entre o judiciário e as Forças Armadas. Diz o bom senso: se existe dúvidas, ponha os pontos nos is. Queremos o melhor para o Brasil.

Outra conturbação inusitada: Candidato Cibernético, espiritual, etc. Candidato fantasma, online? Candidato Caramujo, que faz campanha debaixo de casa sem ir à rua, com medo das vaias. Isso só se vê no Brasil. Veja se é correto um candidato à Presidência da República ter medo dos eleitores e do povo!?  Não precisa responder, só queria entender! Faz lembrar-me da frase célebre do general Charles de Gaulle, presidente francês: “Lé Brésil n’est pas un pays sérieux - (O Brasil não é um país sério).

A sociedade deve vigiar para que se revele a verdade, arrancando as máscaras de quem pretende enganá-la. “Se alguém pensa que é importante, quando de fato não o é, está enganando a si mesmo.” “A verdade é como a alma do corpo, que só se desprende quando este falece.” Dois proveitos não cabem no mesmo saco.

Geraldo Dias de Andrade é Cel. PM\RR – Escritor – Bel. em Direito – Cronista - Membro da Academia Juazeirense de Letras – Membro da ABI\Seccional Norte.

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.