RedeGN - Imprimir Matéria

Comunidades nos sertões do São Francisco em pleno século XXI ainda convivem sem abastecimento de água encanada

14 de Jun / 2022 às 10h30 | Variadas

Comunidades nos sertões do São Francisco em pleno século XXI ainda convivem sem abastecimento de água potável. A Comunidade de Casa Nova e Vassoura, localizados entre os municípios de Cabrobó e Salgueiro, Sertões do São Francisco e Central, existentes há mais de 100 anos, ainda não possuem água nas torneiras.

A indignação é que a cerca de 2 km e 4 km das comunidades dos sítios Casa Nova e Sítio vassoura, existentes  há mais de um século, ainda não tem água potável para o consumo humano. Enquanto isso, um posto de gasolina anda em construção ainda sem nome, já foi beneficiado e a Adutora já chegou  no Posto  Vila Bela.

De acordo com informações, o abandono por parte do poder público é tão grande que as comunidades buscaram apoio do Conselho Popular de Petrolina e da Bacia do São Francisco. 

No último domingo, dia 12 o Coordenador de Comunicação e Relações Sociais, Rosalvo Antonio, esteve  visitando as Comunidades de Casa Nova e Vassoura , constatando "in-loco" a realidade.

 O conselho Popular de Petrolina, por meio de um abaixa-assinado das comunidades vai mobilizar os órgãos competentes para solução do problema de falta de abastecimento de água, o que faz com que as comunidades dependam de carro pipa com fornecimento irregular ou busque água de chuva quando tem, muito distante.

 Rosalvo Antonio, que esteve na companhia de Antônio Fernandes e Emídio,  lamentou a situação encontrada e disse que fraá todos os esforços possíveis para garantir o direito humano ao acesso a água potável para aquelas comunidades, disse ainda que caso o poder público não faça a sua parte, o Conselho Popular  vai acionar o Ministério Público, para fazer cumprir a lei do direito a vida a saúde e a dignidade humana. 

O Comunitário Jucelino disse que "A água está muito próximo, só depende de sensibilidade e compromisso social para abastecer as cerca de 30 famílias" 

"Tem hora que agente pensa se vale a pena votar nesses políticos que só aparecem na hora da eleição, mais quem pensar vai nos enganar de novo, pode tirar o cavalo da chuva", sentenciou Toninho das Vassouras.

Jose Simao revela que tem 69 anos e nunca teve direito de ter água encanada.

A redação da REDEGN não conseguiu através da Compesa saber os motivos alegados pelas comunidades das justificativas para os problemas apresentados.
 

Redação redeGN Foto Redes Sociais

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.