RedeGN - Imprimir Matéria

Miguel Coelho diz em sabatina que compromisso com Bolsonaro foi só “aliança administrativa”

08 de Jun / 2022 às 21h45 | Política

O pré-candidato ao governo de Pernambuco e ex-prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (União Brasil), declarou nesta quarta-feira (8), em entrevista concedida ao UOL, que não tem pretensão de apoio ao Presidente Jair Bolsonaro e que deve caminhar com o candidato Luciano Bivar, do seu Partido.

Questionado sobre o alinhamento administrativo que teve com o presidente, enquanto prefeito de Petrolina, Miguel Coelho disse que “Enquanto prefeito de Petrolina, era minha obrigação e dever fazer todas as parcerias possíveis com o governo federal para poder honrar voto que recebi dos meus irmão e irmãs de Petrolina para transformar a cidade”, declarou.

Caso eleito governador de Pernambuco, Miguel enfatizou que seu governo vai estar alinhado com qualquer dos presidenciáveis que vencer as eleições: “É assim, enquanto governador, que vamos nos portar junto com o próximo presidente da República, seja ele Lula, Bivar ou Bolsonaro", disse.

Miguel, que é filho do senador Fernando Bezerra Coelho, até pouco tempo líder do governo Bolsonaro, disse que a aliança que manteve com o governo federal foi somente administrativa e que a população não “está nem ai” para este tipo de alinhamento: “O povo de Pernambuco não está nem aí se o presidente é de um lado ou de outro. Faço política por pragmatismo, transparência e coesão. Foi uma aliança administrativa", reforçou.

Da redação redeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.