RedeGN - Imprimir Matéria

Hospital Materno Infantil de Juazeiro volta a ser alvo de denúncia. Assessoria informa que equipe está monitorando mãe e bebê

08 de Jun / 2022 às 11h07 | Variadas

Na manhã desta quarta-feira (08) amigos da parturiente Geórgia Ferraz entraram em contato com a redação da Rede GN com objetivo de denunciar atraso no parto o que poderia ocasionar problemas para a gestante bem como para o bebê.

Ela está internada no Hospital Materno Infantil administrado pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juazeiro que alega estar monitorando mãe e bebê.

Logo cedo, a redação recebeu a seguinte mensagem: “Bom dia Geraldo, peço que nessa matéria não me identifique...mas a situação da Senhora Geórgia Ferraz na maternidade de Juazeiro é de abandono e grave.

Desde ontem à tarde que ela está na referida clínica e os médicos não fazem o parto dela. Através de uma amiga ela me pediu socorro alegando que parto dela deve ser cesariana. Desde a semana passada que ela tá sentindo as contrações. Ela chegou ontem na clínica por volta das 16:30h. Deixaram ela sentada até tantas horas da noite e depois é que a colocaram em uma cama” pontuou o amigo da gestante.

A reportagem encaminhou a reclamação para assessoria de imprensa da secretaria de saúde que enviou a seguinte nota:

A paciente deu entrada na Maternidade de Juazeiro na noite desta terça-feira (7). Mãe e bebê estão sendo monitorados pelas equipes e estão bem. A paciente aguarda a cesárea, mas para a realização do procedimento cirúrgico, como é de conhecimento, é preciso aguardar o tempo mínimo de jejum.

Da redação Foto Geraldo José

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.