RedeGN - Imprimir Matéria

Codevasf fará o 1º leilão de irrigação do país: o maior lance terá de pagar outorga e fazer investimentos de R$ 1 bilhão

31 de May / 2022 às 10h00 | Variadas

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), estatal do governo federal vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, fará o 1º leilão de irrigação do país.

A Codevasf vai leiloar, por pelo menos R$ 82 milhões em outorga, 50.531 hectares do Projeto Baixio de Irecê, na Bahia, dos quais 31,5 mil são de áreas irrigáveis. O leilão ocorre nesta quarta-feira (1º/6), na Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

As terras ficam nos municípios baianos de Xique-Xique e Itaguaçu. A empresa que der o melhor lance ficará com a concessão da área por 35 anos. Nesse período, deverá realizar investimentos de R$ 1 bilhão em infraestrutura para implantar, operar e manter a irrigação do local.

Em troca, a empresa poderá explorar a área concedida, definindo quais tipos de produtos serão plantados e o tamanho dos lotes de produção.

Presidente da Codevasf, Marcelo Moreira disse que este também é o maior leilão envolvendo projeto de irrigação da América Latina: “A Codevasf renova a cada projeto sua determinação de levar mais desenvolvimento ao interior do país, criar oportunidades e gerar renda de forma sustentável. A Companhia tem hoje 36 projetos de irrigação, que geram R$ 4 bilhões em valor bruto de produção anualmente. Mais de 4,4 milhões de toneladas de itens agrícolas são produzidas por ano nesses projetos”.

Segundo a Codevasf, o projeto deve ser responsável por 180 mil empregos diretos e indiretos tanto na agricultura irrigada quanto em atividades associadas.

O projeto do Baixio do Irecê, que abrange uma área total de 105 mil hectares, dos quais 48 mil são irrigáveis, recebeu investimentos de R$ 1 bilhão do governo federal. O valor é referente à aquisição dos terrenos, regularização fundiária, implantação de 42 quilômetros de canal, estação de bombeamento, adutoras, estação de pressurização e infraestrutura de energia.

Metropoles/Isadora Teixeira

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.