RedeGN - Imprimir Matéria

Petrolina: MPPE lança projeto para capacitar mediadores de conflitos em escolas

18 de May / 2022 às 13h00 | Variadas

As 1ª, 3ª e 5ª Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania de Petrolina, em parceria com o Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição do Ministério Público de Pernambuco (Nupia-MPPE), lançaram o projeto Transformar junto a três escolas municipais: Santa Terezinha, Paulo Freire e José Nunes. O propósito é formar e acompanhar mediadores de conflitos em escolas para contribuir com a difusão e consolidação de uma cultura de paz e resolução consensual dos conflitos.

Segundo o MPPE, o projeto nasceu do interesse em desenvolver um trabalho de autocomposição no município e das diretrizes inicialmente indicadas no projeto-piloto Escola Restaurativa, também idealizado pelo MPPE em Petrolina. Assim, desde o último dia 11, já ocorre um curso on-line para alunos, professores e gestores das escolas, visando capacitá-los para a mediar enfrentamentos, resgatar vínculos e construir relacionamentos mais saudáveis, contribuindo para evitar o agravamento e o surgimento de outros conflitos.

Os encontros têm a duração de quatro horas cada, seguindo uma metodologia participativa, com espaço para fala e troca de experiências, para construção coletiva do conhecimento. Após o curso, haverá um encontro de supervisão (no formato virtual) com cada turma, para o acompanhamento das atividades.

As atividades desenvolvidas nas escolas serão enviadas mensalmente às Promotorias de Justiça participantes e ao Nupia, para avaliação. Os mediadores das escolas e as promotoras de Justiça à frente do projeto, Ana Cláudia Carvalho, Rosane Cavalcanti e Tanúsia Santana, identificarão juntos situações nas quais serão necessários encaminhamentos para intervenção do Ministério Público e/ou para outras instituições da rede de atendimento.

Da Redação RedeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.