RedeGN - Imprimir Matéria

Com base dividida, Suzana Ramos faz mistério sobre seu candidato a governador da Bahia

15 de Apr / 2022 às 12h05 | Política

A eleição vai se aproximando, os palanques políticos na Bahia já estão praticamente definidos, mas em Juazeiro, um aspecto chama a atenção: a base do governo municipal está completamente dividida, com aliados em cada ponta da corda, num puxa e repuxa que tenta direcionar a posição oficial do governo em relação às eleições para governador do estado.

Jerônimo, João Roma ou ACM Neto? Com quem fica a prefeita do município, é a pergunta ainda sem resposta até o momento. O vice prefeito, filho do ex-prefeito e pré-candidato a deputado federal, Joseph Bandeira, já se definiu: é Gerônimo, do PT.  Recém filiado ao PSB, junto com o pai, Leonardo virou Secretário estadual de Agricultura do Governo Rui Costa.

Joseph Bandeira, o aliado mais forte na eleição de Suzana Ramos, já havia declarado, bem antes, o apoio ao candidato do PT. Roberto Carlos, agora no Partido Verde, já era declarado apoiador do nome do PT e segue defendendo Jerônimo.

Na estrutura do governo municipal, no entanto, há correntes que divergem da posição de Leonardo, Joseph e Roberto Carlos e puxam a corda no sentido contrário.

Um grupo bolsonarista, que inclui secretários, defende João Roma, apostando na promessa da Travessia Urbana, enquanto outro aposta em ACM Neto, usando as pesquisas eleitorais como base de convencimento.

Como um dos grandes colégios eleitorais do interior do estado, Juazeiro segue cobiçada pelos grupos políticos baianos, mas, por enquanto, em público, sobre esse assunto, a prefeita Suzana Ramos é só silencio.

Da redação redeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.