RedeGN - Imprimir Matéria

"Capeta careca" atrapalha governo Bolsonaro, afirma Damares

13 de Apr / 2022 às 18h23 | Política

A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves afirmou nesta quarta (13/4) que "o inferno enviou capetas" para atrapalhar o "governo cristão" de Jair Bolsonaro (PL).

Ela ainda classificou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, sem citar nomes, como "capeta careca". A declaração ocorreu durante café da manhã com a presença de evangélicos no Palácio da Alvorada.

"Saibam que o inferno está com muita raiva de todos nós, e o inferno está se levantando. O inferno mandou uns capetas que vocês não têm ideia, tem até um careca", apontou Damares, arrancando risadas dos presentes. Vocês não têm ideia dos capetas e dos soldados que o inferno tem mandado. Não tem sido fácil, tudo se levanta contra esse governo. Tudo conspirou contra esse governo."

Nas últimas semanas, o presidente também tem feito críticas reiteradas a ministros do STF e do TSE.

Damares deixou o ministério que comandava no dia 31 de março, durante evento no Palácio do Planalto. Ela deve concorrer nas eleições deste ano a uma vaga de deputada federal pelo Distrito Federal. A ex-ministra filiou-se ao Republicanos antes de deixar a pasta. Durante o evento de despedida do governo, ela chegou a afirmar: "Eu vou voltar um dia".

A pré-candidata disse ainda que o governo de Bolsonaro sofre perseguição pelo fato de o presidente sempre começar seus discursos agradecendo a Deus. O chefe do Executivo se autointitula católico, mas os evangélicos estão em sua principal base de apoio. Damares citou ainda uma série de eventos que, segundo ela, contribuíram para os ataques sofridos pelo presidente.

“Brumadinho, óleo na praia, queimada no Pantanal, quando a gente achava que não tinha mais nada, o Congresso começa a brigar entre si. Um Judiciário que se levanta contra nós, a imprensa contra nós. Quando a gente achava que não tinha mais nada contra nós, veio uma pandemia. Quando a gente tá no final da pandemia, vem uma guerra”, apontou. Para a ex-ministra, "tudo conspirou" para que o governo não desse certo.

Correio Braziliense / foto: Luiz Alves - MMFDH

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.