RedeGN - Imprimir Matéria

Lula lidera pesquisa PoderData com 40%; Bolsonaro aparece com 35%

13 de Apr / 2022 às 16h09 | Política

Sem o ex-ministro Sergio Moro, a nova pesquisa PoderData sobre a corrida à presidência da República nas eleições deste ano, divulgada nesta quarta-feira (13), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança, com 40% das intenções de voto. 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em segundo lugar, com 35%, com diferença de 5 pontos porcentuais para Lula.   

A diferença de 5 pontos porcentuais entre os dois candidatos é a menor registrada pelo PoderData em 2022. Em novembro de 2021, Lula chegou a marcar 34% contra 29% de Bolsonaro em 1 dos cenários testados, com uma lista de candidatos diferente da atual.

Na pesquisa desta quarta-feira, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) pontuou 5%, o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) e o deputado André Janones (NOVO) têm 3% cada; a senadora Simone Tebet (MDB) aparece com 2% das intenções de voto.  José Maria Eymael tem 1% e os demais pré-candidatos não pontuaram. Brancos e nulos somam 7%; não sabem, 4%.

Lula (PT): 40%

Jair Bolsonaro (PL): 35%

Ciro Gomes (PDT): 5%

João Doria (PSDB): 3%

André Janones (Avante): 3%

Simone Tebet (MDB): 2%

Brancos/nulos: 7%

Não sabem: 4%

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 10 a 12 de abril de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.000 entrevistas em 322 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-00368/2022. 

Sergio Moro

Nesta rodada, o PoderData retirou o nome do ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro da lista de pré-candidatos testados. O ex-juiz está no União Brasil, sigla que anunciou nesta 3ª feira (12.abr.2022) como candidato ao Planalto Luciano Bivar. 

A saída de Moro do páreo favoreceu Bolsonaro. O atual presidente variou 3 pontos para cima em 15 dias. Lula oscilou 1 para baixo. 

As duas variações foram na margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Band / foto: reprodução

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.