RedeGN - Imprimir Matéria

PSB deve formalizar na sexta-feira indicação de Alckmin para vice de Lula, que defende chapa: "Eu mudei, o Alckmin mudou e o Brasil mudou"

05 de Apr / 2022 às 19h00 | Política

Uma reunião nesta sexta-feira (8), em São Paulo, deve marcar a indicação oficial do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) para concorrer à vice-presidência da República na chapa encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Depois de feita a indicação, os partidos preveem para maio a formalização da candidatura da chapa, segundo informou a CNN.

A reunião desta semana deve reunir os dois pré-candidatos, além dos presidentes das duas siglas –a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), presidente nacional do PT, e o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira– e outros dirigentes e mandatários das duas siglas.

"Eu mudei, o Alckmin mudou e o Brasil mudou"

Mais próximo de lançar sua candidatura ao Palácio do Planalto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passou a defender com mais ênfase sua possível chapa com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB).

Na manhã desta terça-feira (5), o petista escreveu no Twitter: "Eu mudei, o Alckmin mudou e o Brasil mudou. Eu fui adversário do Alckmin, não inimigo. Feliz era o Brasil que tinha disputa entre dois partidos democráticos, porque existia debate civilizado, sobre programa de governo".

Em entrevista à rádio Rede T, do Paraná, na manhã de hoje, o petista admitiu que os dois poderão estar na mesma chapa. 

*com informações da CNN e Correio Braziliense

Da Redação RedeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.