RedeGN - Imprimir Matéria

Alerta: Prefeitura de Sobradinho pede a colaboração da comunidade para o combate ao Aedes aegypt

05 de Apr / 2022 às 22h30 | Informativos

A Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria Municipal de Saúde, faz um alerta a população para que redobre  os cuidados necessários para evitar a proliferação e combater o mosquito Aedes aegypt, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

De acordo com o Coordenador do Departamento de Endemias, Sóstenes Pereira do Nascimento, os casos de dengue, zika e Chikungunya têm crescido no município, e a comunidade precisa colaborar com a gestão para combater este inimigo comum a todos.

"A Secretaria de Saúde, através do trabalho dos Agentes de Endemias, vem fazendo a sua parte. É importante esclarecer que o ovo do mosquito pode resistir até 400 dias em ambiente seco. Então, em qualquer contato com a água, eles eclodem. Isso é só pra termos uma ideia como esse mosquito é resistente. Portanto, se faz necessária a colaboração de toda comunidade. No combate à dengue, à zika e à chikungunya não tem jeito, todo mundo precisa fazer a sua parte. E a melhor forma é combatendo os focos do Aedes aegypti, evitando acúmulo de água e ambientes propícios para a criação do mosquito transmissor dessas doenças," destacou o coordenador.

A Secretaria de Saúde elencou 10 ações que ajudam a prevenir a dengue, a zika e a chikungunya:

1) Mantenha bem tampados tonéis, caixas e barris de água.

2) Lave, semanalmente, com água e sabão, tanques utilizados para armazenar água.

3) Remova galhos e folhas de calhas e não deixe água acumulada sobre a laje.

4) Encha os pratinhos de vasos com areia até a borda ou lave-os uma vez por semana e troque a água dos vasos e plantas aquáticas também uma vez por semana.

5) Coloque lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas; feche bem os sacos de lixo e não deixe ao alcance de animais.

6) Mantenha garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo.

7) Faça sempre manutenção de piscinas.

8) Limpe sempre a bandeja do ar condicionado.

9) Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água.

10) Não deixe sacos plásticos e lixo do quintal.

"O controle das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti sempre foi um desafio para os gestores e a população. Mas, se anteriormente era a Dengue o foco de atenção, agora a Chikungunya e a Zica exigem ainda maiores esforços para evitar a propagação dessas doenças. A efetividade do combate à dengue tem muito a ver com a prevenção contínua e coletiva. Nossos agentes de endemias atuam na fiscalização e prevenção, disponibilizando informações e mobilizando a população quanto à importância da eliminação de materiais que possam acumular água, limpeza de quintais e cobertura das caixas de água. Porém, o nosso maior aliado é cada morador, pois somente através de atitudes individualmente conscientes, conseguiremos avançar no combate ao Aedes aegypti," ressaltou a Secretária de Saúde Maysa Sanjuan.

Ascom PMS

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.