RedeGN - Imprimir Matéria

Mourão contradiz Bolsonaro sobre rebaixar pandemia no país

04 de Apr / 2022 às 18h00 | Política

O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) disse, na manhã desta segunda-feira (4/4), que acredita ainda não ser a hora de rebaixar a pandemia de Covid-19 para o status de endemia no Brasil.

“O que estamos vendo é que, com o avanço da vacinação, o número de casos e, consequentemente, o número de óbitos vêm baixando significativamente. Mas eu acho que ainda não atingiu aquele ponto em que a pandemia virará uma gripe que ocorre todos os anos”, declarou Mourão em entrevista à Gazeta do Sul.

Mourão também lembrou que o próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o país não pode, de forma unilateral, decretar o fim da pandemia, sem antes acordar com organizações internacionais.

Para decretar endemia, é necessário revogar a portaria que trata do estado de emergência sanitária em decorrência da pandemia da Covid-19, declarada em fevereiro de 2020. Em março, o presidente Jair Bolsonaro (PL) chegou a declarar que a medida seria tomada até o fim do último mês – o que não ocorreu.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, tem evitado falar em prazos para a mudança. Segundo ele, primeiramente é necessário realizar reuniões com autoridades e coletar dados sobre a pandemia, sobretudo aqueles relacionados ao número de internações e ao avanço da vacinação de crianças e adultos.

“Acho que ainda vai passar mais uns meses até que talvez a vacinação atinja 90% da população brasileira e aí, talvez, consigamos chegar a esse ponto de virar a página da pandemia e encarar essa doença como algo que ocorrerá sazonalmente ao longo dos anos”, sugeriu Mourão.

Metrópoles / foto: Valter Campanato/Agência Brasil

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.