RedeGN - Imprimir Matéria

Grupo bloqueia pista em frente à refinaria para protestar contra preço dos combustíveis

25 de Mar / 2022 às 12h30 | Variadas

Uma manifestação interdita os dois sentidos da BA-523,, na manhã desta sexta-feira (25), em protesto contra o aumento do preço do combustível na Bahia. O ato ocorre em frente à Refinaria de Mataripe (antiga Landulpho Alves), em São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador.

O ato causa reflexo no trânsito também na região de Candeias, vizinha a São Francisco do Conde e na região da estrada conhecida como Boca do Lobo. O protesto faz parte de um ato nacional, organizado pela Federação Única dos Petroleiros, e é acompanhado de perto por equipes da Polícia Militar, na Bahia.

Os manifestantes reclamam que em 11 de março, a Petrobras reajustou novamente o preço da gasolina e do diesel para as distribuidoras e, por isso, o preço do litro da gasolina nos postos chegou a R$ 8 em algumas regiões do estado.

Eles se queixam também contra o Preço de Paridade de Importação (PDI), cálculo que atrela os preços dos combustíveis no Brasil ao valor do dólar e ao barril de petróleo no mercado internacional. A depender das variações, o custo reflete diretamente no orçamento do consumidor final.

A Acelen, que administra a refinaria, informou que acompanha a manifestação e mantém diálogo aberto com o sindicato que representa os trabalhadores, para que as operações não sejam impactadas, assegurando o abastecimento do mercado regional.

A empresa acrescentou que os preços dos produtos produzidos na refinaria seguem critérios de mercado, que consideram variáveis, como o custo do petróleo, adquirido a preços internacionais, e o dólar, que pode alterar para cima ou para baixo.

Ainda conforme a Acelen, nos últimos 26 dias, com o agravamento da crise gerada pelo conflito entre Rússia e Ucrânia, o preço internacional do barril de petróleo disparou, superando os US$120 por barril, o que gerou impacto direto nos custos de produção.

G1 Bahia Foto Reprodução TV Bahia

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.