RedeGN - Imprimir Matéria

Passageira tenta despachar botijão de gás em voo do Recife para São Paulo

25 de Mar / 2022 às 13h00 | Variadas

Uma passageira tentou despachar um botijão de gás, que é proibido no transporte aéreo de passageiros, em um voo entre o Recife e Guarulhos, em São Paulo, na madrugada de quarta-feira (23).

De acordo com as regras de segurança, itens explosivos, gases, líquidos inflamáveis e alguns tipos de arma são proibidos no transporte aéreo de passageiros. O botijão estava envolto em um saco de náilon e dentro de uma caixa de papelão. Por meio de nota, a Gol, companhia responsável pelo voo, afirmou que a mulher tentou despachar o item ao compartimento de cargas, mas foi impedida por um funcionário.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que esse funcionário abre o pacote com o botijão na esteira do raio-X. Ele remove o saco e a caixa e afirma: “Estou só mostrando aqui que isso aqui não pode ser despachado, não, certo?".

O funcionário continua: "Isso aqui é praticamente uma bomba. A senhora derruba um avião com um negócio desses. Não pode embarcar". 

Em seguida, a mulher, que não aparece nas imagens, questiona: “Mas vazio?”. O funcionário rebate: “Vazio, cheio… não pode”.

Em nota enviada à reportagem, a Gol disse que o funcionário adotou o procedimento padrão de segurança ao identificar que a bagagem tinha um "item perigoso", assim como ao explicar que o botijão não poderia ser despachado "pois representaria um risco ao voo".

A Gol afirmou ainda que todo o procedimento ocorreu de forma tranquila e a passageira, por fim, embarcou normalmente.

"As regras para bagagem estão disponíveis para consulta e conhecimento desde o momento da compra da passagem até o embarque", completou a Gol.

Folha Pernambuco Foto reprodução redes sociais

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.