RedeGN - Imprimir Matéria

Enterro simbólico da educação em Juazeiro e nome dos vereadores que votaram contra aumento piso salarial repercutem nas redes sociais

24 de Mar / 2022 às 12h00 | Variadas

Continua repecurtindo nas redes sociais a reunião extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (24). Revoltados com os vereadores, os professores de Juazeiro realizaram uma carreata.

Os Profissionais da educação "promoveram o enterro simbólico da educação", após, os vereadores aprovarem em sessão extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (24), o Projeto de Lei do executivo que reajusta o piso nacional do magistério em apenas 26% linear, e segundo a categoria, a favor da retirada direitos já conquistados pelos professores.

Nas redes sociais nomes dos vereadores "são apontados como traidores da educação de Juazeiro". O assunto é um dos mais comentados nas redes sociais e programas de rádio na região.

A REDEGN destacou que convocados extraordinariamente os vereadores de Juazeiro aprovaram na íntegra o Projeto de Lei 3.727 que regulamenta alterações administrativas para cumprimento do Piso Nacional do Magistério.

Nem mesmo com a pressão dos professores os vereadores foram sensibilizados e 12 dos 21 edis aprovaram o projeto na íntegra sendo que se posicionaram contrários ao projeto os vereadores: Alex Tanuri, Assis da Apolo, Renato Brandão e Mitu do Sindicato.

Uma professora que pediu para não ser identificada externou à nossa reportagem: “Covardia. Subservientes ao Executivo votaram contra a categoria”.

Com o projeto aprovado vários professores manifestaram insatisfação. Uma professora de escola da periferia entre lágrimas desabafou o seu descontentamento com a gestão Suzana Ramos.

Redação redeGN Fotos Reprodução

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.