RedeGN - Imprimir Matéria

Após operação especial, Chesf reduz vazão de Xingó para 2.000 m³/s

18 de Mar / 2022 às 20h00 | Variadas

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) manteve, entre os dias 14 e 17 de março, operação especial na vazão de Xingó, para atender ao procedimento de reflutuação da Canoa de Tolda, realizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional – Iphan.

Assim, a vazão da Usina Hidrelétrica de Xingó, que foi elevada para 4.000 m³/s, provisoriamente, no último dia 14, volta a ser reduzida hoje (18), para 3.500 m³/s, visando recuperar o nível de Itaparica, conforme anunciado anteriormente.

Porém a Chesf anunciou que vai reduzir, gradativamente, a vazão de Xingó para 2.000 m³/s. No domingo (20) será de 3.000 m³/s, depois, na terça (22), para 2.500 m³/s, até chegar ao valor de 2.000 m³/s na quinta (24). A Companhia ressaltou que a situação hidrológica da Bacia do São Francisco (e demais bacias onde possui usinas e reservatórios) é permanentemente monitorada, podendo haver alterações das vazões ora praticadas, conforme sejam as necessidades da geração de energia, apresentadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) ou a alteração dos volumes pluviométricos nas regiões.

A Companhia chama atenção, ainda, para a importância da não ocupação das áreas no leito do Velho Chico, haja vista eventual aumento no nível do Rio, durante o período úmido.

Da Redação RedeGN / foto: GOVBR

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.