RedeGN - Imprimir Matéria

"Quero subir": torcedores do Vasco protestam após eliminação na Copa do Brasil

10 de Mar / 2022 às 06h33 | Esporte

A eliminação do Vasco na Copa do Brasil, após derrota para a Juazeirense nos pênaltis na noite desta quarta-feira, provocou revolta nos torcedores que foram ao Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro. Leitores da REDEGN informaram que após o jogo houve "confusão nas proximidades do Estádio". Quebras de garrafas e gritaria"

Com maioria vascaína, o clima que antecedeu ao jogo era amistoso nos arredores. Muitas famílias com crianças e torcedores que veriam o Vasco pela primeira vez no estádio. Mas o ambiente festivo foi por água abaixo com o passar do tempo.

A torcida, que ensaiou momentos de apoio, se irritou com a atuação do time e teve que lidar com a provocação da minoria adversária após a derrota por 4 a 2 nas penalidades depois do 1 a 1 no tempo normal.

Em silêncio, o time deixou o estádio logo após o jogo. Na chegada ao hotel, foi recebido por cerca de 10 torcedores, que criticaram a eliminação precoce e a atuação ruim diante de um adversário que briga contra o rebaixamento no Campeonato Baiano.

"Quero subir, hein?" - pontuou um torcedor.

Alguns jogadores, como Thiago Rodrigues, Gabriel Pec e Raniel, foram poupados das críticas. O goleiro chegou a ser aplaudido quando desceu do ônibus. Anderson Conceição, que perdeu um dos pênaltis, foi contestado por alguns e defendido por outros.

Ja Nenê, mesmo com o pênalti desperdiçado, recebeu pedidos de fotos e parou para falar com os torcedores. Pec também atendeu à torcida na entrada do hotel.

O time agora retorna ao Rio de Janeiro, onde volta o foco para o Campeonato Carioca. No próximo domingo, às 16h, o Vasco enfrenta o Resende, em São Januário, pela última rodada da Taça Guanabara. A equipe já está classificada para as semifinais do Estadual.

Fonte: G1 Foto Bruno Lopes

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.