RedeGN - Imprimir Matéria

Servidores públicos aposentados e pensionistas da Bahia podem fazer prova de vida por aplicativo

05 de Mar / 2022 às 13h00 | Variadas

Os servidores públicos aposentados e pensionistas estaduais vinculados à Previdência do Estado da Bahia tem mais uma alternativa para realizar a prova de vida sem precisar comparecer ao atendimento presencial.

A Prova de Vida Digital, serviço inteiramente remoto, permite a realização do procedimento de qualquer celular com acesso à internet por meio do aplicativo GOV.BR. A novidade já pode ser usada pelos 10.949 beneficiários convocados pela Superintendência de Previdência (Suprev) para fazer o procedimento ao longo do mês de março.

Em contrapartida, os beneficiários de janeiro e fevereiro ainda pendentes só podem se submeter à prova de vida por vídeoatendimento ou presencialmente.

Para os 3.945 convocados de fevereiro que ainda não atenderam ao seu chamado, a Suprev ampliou para 15 de março o prazo para se submeter a prova de vida sem risco de interrupção no recebimento dos proventos. Já os 1.958 retardatários de janeiro podem ter o benefício bloqueado a qualquer momento.

O cronograma da prova de vida segue o mês de aniversário do aposentado ou do ex-servidor falecido que gerou a pensão previdenciária, e é este período que deve ser seguido para evitar bloqueios.

"A prova de vida permite à Previdência ter mais controle sobre seus beneficiários, evitando pagamentos indevidos e tentativas de fraudes", explicou a coordenadora de Relacionamento com o Beneficiário da Suprev, Sílvia Machado.

SERVIÇO DIGITAL: Desde que a prova de vida foi retomada pela Previdência Estadual da Bahia, em janeiro deste ano – após um período de interrupção gerado pela pandemia do coronavírus – os beneficiários estaduais passaram a contar com a opção de realizar o procedimento tanto presencialmente como à distância, por videoatendimento.

Com a integração do serviço ao GOV.BR, a prova de vida poderá ser feita também de forma totalmente digital, sem a interação com atendentes, via sistema de reconhecimento facial.

“O recadastramento digital simplifica a rotina do servidor aposentado ou do pensionista. É um público que precisa contar com a segurança e a comodidade em sua relação com o Estado, portanto, para nós, é fundamental entregar um serviço confiável para um atendimento adequado”, disse o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mario Paes de Andrade.

Ascom Saeb

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.