RedeGN - Imprimir Matéria

Prefeitura de Juazeiro garante assistência social e reforça atenção às famílias desabrigadas vítimas da chuva e da cheia do Rio São Francisco

26 de Jan / 2022 às 16h30 | Variadas

Subiu de 8 para 12 o número de famílias que estão abrigadas na Escola de Tempo Integral Paulo VI, em Juazeiro. O local já havia sido disponibilizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Juventude (SEDUC) e Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) para acolher os moradores do bairro Angari, afetados pela cheia do Rio São Francisco. Agora a escola também está abrigando 4 famílias do bairro Sol Levante que foram afetadas com a forte chuva da noite desta terça-feira (25), que alagou as residências dos moradores.

A Guarda Civil Municipal e o Corpo de Bombeiros foram acionados pelos próprios moradores, prestando a primeira assistência, levando as famílias para a Escola Paulo VI ainda na madrugada desta quarta-feira (26).

"O apoio foi muito bom, os Guardas Municipais foram quem nos receberam, nos atenderam muito bem, ficaram lá no bairro com a gente até a hora que o ônibus veio e nos trouxe para a Escola Paulo VI. Recebemos colchões, cobertores, lençóis. Graças a Deus, estamos sendo muito bem atendidos. As assistentes sociais já vieram, conversaram com a gente para saber o que as famílias estão precisando", declarou a agricultora Veralúcia Olímpio da Silva.

"Aqui no Paulo VI a assistência de todos está sendo ótima, agradecemos muito a ajuda que estamos recebendo", disse a agricultora Geovana Vieira da Silva. 

Providências

Desde o anúncio do aumento da vazão da Barragem de Sobradinho, estando atualmente no patamar de 4.000 m³/s, a Prefeitura de Juazeiro montou uma força-tarefa com as diversas secretarias do município, para retirar as famílias ribeirinhas das áreas alagadas e evitar maiores transtornos, como a perda de móveis. A prefeita Suzana Ramos está acompanhando a situação de perto e já fez duas visitas às famílias abrigadas na Escola de Tempo Integral Paulo VI, onde foi montada a unidade de acolhimento.

A Prefeitura disponibilizou colchões, travesseiros, cobertores, alimentação, material de limpeza e de higiene, além de equipes com assistentes sociais, profissionais de saúde, merendeiras e auxiliares de serviços gerais. A Guarda Municipal e a Polícia Militar, com apoio de outros órgãos de segurança, estão realizando patrulhamento com viaturas e homens a pé para levar segurança às famílias desabrigadas e proteger o patrimônio delas, tanto no bairro Angari quanto em outras localidades afetadas com o alagamento da chuva e da cheia do rio.

"Toda a equipe da Prefeitura de Juazeiro permanece vigilante, trabalhando incansavelmente, tomando todas as providências necessárias para melhor acolher as famílias que neste momento tiveram que sair de suas residências, o que demonstra o compromisso que a gestão Suzana Ramos tem com todos os juazeirenses", enfatizou o titular da SEDES, Teobaldo Pedro de Jesus.

Ascom PMJ

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.