RedeGN - Imprimir Matéria

COVID-19: Equipes da secretaria de saúde vacinam crianças com microcefalia

20 de Jan / 2022 às 20h30 | Coronavírus

A Prefeitura de Petrolina não vem medindo esforços para levar a vacinação para todos os petrolinenses. Nesta quinta-feira (20) as equipes da Secretaria de Saúde estão vacinando, porta a porta, as crianças com microcefalia que residem no município.

De acordo com os dados da Secretaria de Saúde, cerca de 11 crianças, na faixa etária de 5 a 11, anos tem microcefalia e devem receber a primeira dose do imunizante da Pfizer. A segunda dose só deve ser realizada com o intervalo de 8 semanas.

Para Uênia Letícia, mãe de Maria Karolini, esse momento foi muito especial e aguardado pela família. "Eu estava muito ansiosa para chegar esse momento. Como ela é uma criança especial, eu queria que tivesse a mesma proteção que meus outros filhos, que já são vacinados. Essa doença é muito séria, está causando muita dor, e ver que ela tomou a vacina me deixa emocionada e com a certeza de que dias melhores virão", destaca Uênia.

A mãe de Maria Karolini ainda deixou um recado para todos os papais, mamães e responsáveis que, por algum motivo, ainda não se sentem seguros em vacinar seus filhos. "Eu peço para todas as mães com criança em casa e já na faixa etária para tomar a vacina, que não tenham medo de imunizar seus filhos, tenham fé e confiem na vacina, porque ela salva vidas. Em nenhum momento eu tive dúvida sobre vacinar minha filha, protejam os seus filhos da doença. A vacina está ajudando muito nos casos da COVID-19, ainda temos muito o que melhorar, mas os casos graves diminuíram, então eu acredito na imunização", reforça.

A imunização contra a COVID-19 para as crianças segue nas Unidades Básicas de Saúde e está sendo aplicada no mesmo turno das vacinas de rotina. As crianças de 5 a 11 anos que possuem comorbidades podem procurar a UBS mais próxima da residência, os pais ou responsáveis precisam estar presentes, é necessário levar RG ou certidão de nascimento, CPF ou cartão do SUS e um laudo médico que comprove a comorbidade dos pequenos.

Ascom PMP

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.