RedeGN - Imprimir Matéria

Rio São Francisco: Barragem de Sobradinho terá vazão de 3.300 metros cúbicos por segundo a partir desta quinta (20)

20 de Jan / 2022 às 06h30 | Variadas

Por conta das fortes chuvas que caem desde dezembro entre a Bahia e Minas Gerais a vazão da bacia do Rio São Francisco é a maior desde 2009.  As usinas de Sobradinho e Xingó chegarão a 4.000 m³/s até a próxima segunda-feira, dia 24.

Esse nível alto de vazão não era observado desde 2009. De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o fato se deve à combinação de diferentes fatores como a ocorrência do La Niña, o aumento da temperatura dos oceanos – fenômeno que contribuiu para o aumento das chuvas no Nordeste no final de dezembro e início de janeiro, além da presença da Zona de Convergência do Atlântico Sul que teve, também, intensidade acima da média.

Com as chuvas, os reservatórios da bacia do São Francisco estão recebendo grandes volumes de água. Para manter o nível de segurança e evitar o rompimento de barragens ou a necessidade de liberar água de forma urgente e desorganizada, as medidas estão sendo tomadas com antecedência. 

Na usina hidrelétrica de Três Marias, por exemplo, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) iniciou na última sexta (14) a abertura do vertedouro com incremento ao longo dos dias. As usinas de Sobradinho e Xingó já aumentaram as vazões de defluência e chegarão a 4.000 m³/s, até o dia 24 de janeiro, quando a situação será reavaliada.

“Na Bahia, a chuva melhorou, mas em Minas ainda é intensa. Essa água que caiu até agora vai levar cerca de 15 dias para chegar em Sobradinho, então ainda precisamos manter o alerta, mesmo que a previsão para as próximas semanas em Minas seja de diminuição das chuvas. Inicialmente, o alerta vale até o final do mês. Quando chegarmos em fevereiro, vamos aos poucos diminuindo a vazão”, explica o presidente do Comitê da Bacia do São Francisco, Maciel Oliveira.

Escala de vazão:

20/01
Sobradinho: 3.300 m ³/s
Xingó: 3.000 m ³/s

22/01
Sobradinho: 3.800 m ³/s
Xingó: 3.500 m ³/s

24/01
Sobradinho: 4.000 m ³/s
Xingó: 4.000 m ³/s

Redação redeGN Foto Ney Vital

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.