RedeGN - Imprimir Matéria

Polícia Militar da Bahia conduzirá aqueles que desrespeitarem decreto 21.027

19 de Jan / 2022 às 16h00 | Policial

Quem forçar a entrada nos espaços públicos culturais sem a devida apresentação do comprovante de vacina será conduzido à delegacia. Decisão é fruto da reunião realizada na manhã de hoje (19), no Centro de Operações e Inteligência, entre os secretários da SSP, Ricardo Mandarino, e da Cultura, Arany Santana. 

Para esse acompanhamento, a SSP designou equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil para atuação nos casos de desrespeito ao decreto Nº 21.027, que entre outros pontos, exige a apresentação do comprovante de vacina para entrada nos espaços públicos, inclusive os culturais.

“Não vamos tolerar esse tipo de postura, de desrespeito. Vamos atuar junto com a Secult, que vai manter a SSP informada sobre o calendário dos eventos para que sempre haja equipes de plantão prontas para atuar, no caso de necessidade”, afirmou o titular da SSP, Ricardo Mandarino. A iniciativa visa a garantir que apenas pessoas vacinadas compartilhem os espaços culturais, para evitar o aumento de casos da Covid-19.

A secretária de Cultura apresentou situações relatadas pelos agentes que realizam a conferência do documento de comprovação de vacinação nos ambientes culturais. Segundo ela, há até casos de ameaças realizadas por pessoas que se negam a tomar o imunizante. “As pessoas precisam ter em mente que a determinação do governador visa a salvar vidas. Nós vamos fazer cumprir de qualquer forma e, a partir de agora, com o apoio da SSP, a quem agradeço de antemão”, afirmou a gestora.

Presentes na reunião, o comandante geral da Polícia Militar, Paulo Coutinho, e a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, também anunciaram medidas. Além da disponibilização de equipes da PM específicas para atuarem nos dias de eventos nas praças sob responsabilidade da Secult no Centro Histórico, a Polícia Civil vai manter a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) em regime de plantão nesses dias para encaminhamento de conduzidos e formalização na unidade judiciária.

Da Redação RedeGN / foto: divulgação-SSP-BA

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.