RedeGN - Imprimir Matéria

Live discute os benefícios da alimentação viva e o nutricídio

21 de Jan / 2022 às 12h30 | Variadas

A alimentação viva consiste no consumo de alimentos crus, fermentados, grãos germinados e frutas frescas e secas. Esse tema será debatido durante a live Alimentação Viva e Economia Solidária, que acontecerá nesta sexta-feira (21), às 16h, com transmissão pela página do facebook do Centro Público de Economia Solidária Sertão do São Francisco (Cesol-SSF).

A conversa será conduzida pelo terapeuta alternativo e culinarista Ayo Heru, empreendedor atendido pelo Cesol Sertão do São Francisco, com mediação do agente socioprodutivo Ramon Raniere.

Entre os temas debatidos estarão o nutricídio, conceito apresentado por Llaila Afrika, que consiste no genocídio alimentar provocado contra a população negra, dentro e fora da África, decorrente da desnutrição.

De acordo com Ayo Heru, também será discutido alimentação viva e bases africanas, a importância da alimentação viva, os principais benefícios para a saúde, a importância de repensar novos hábitos alimentares e sugestões de pratos preparados pelo empreendedor.

 "A alimentação viva prioriza alimentos em sua base natural e proporciona inúmeros benefícios para a saúde, ajudando a melhorar o funcionamento intestinal, a absorção de nutrientes dos alimentos, o aumento da imunidade e a redução do índice glicêmico", finalizou o terapeuta alternativo.  

Serviço

O quê? Live Alimentação Viva e Economia Solidária

Onde? Facebook @cesolssf

Horário? 16h

Convidado: Ayo Heru (terapeuta alternativo e culinarista @ayoheru)

Mediador: Ramon Raniere (Agente socioprodutivo do Cesol-SSF). 

Ascom Cesol-SSF

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.