RedeGN - Imprimir Matéria

Visitação para "O Sertão Virou Mar" começa nesta quarta-feira (19)

19 de Jan / 2022 às 14h00 | Variadas

Começa nesta quarta-feira (19) a exposição "O Sertão virou mar", do potiguar Sérgio Azol. A mostra, que ficou um tempo no Rio de Janeiro, chega ao Recife e será montada no Cais do Sertão, na sala São Francisco.

Com 53 imagens produzidos no Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Alagoas e Bahia, as fotomontagens referenciam o sertão de ''modo metafórico'' do que seria a sua realidade. 

“Procuro ajudar o observador a embarcar numa jornada para o sublime. O mar é uma metáfora utópica para a criação de um sertão que é o contraponto da sua realidade. As fotografias produzidas apresentam fragmentos do real que se impregnam de múltiplos significados e sentimentos, se tornam plurais, transformadas pela provocação que se faz à imaginação.'', conta o artista visual Azol.

''Caatinga, seca, a rudeza e a aspereza dos ambientes registrados são transformados em novas realidades, aquelas que, em nosso inconsciente, as chuvas poderiam revelar: abundância, esperança, fertilidade. O mar é água, é a força transformadora do sertão; nos convoca à construção de uma possível existência”, pontua Sérgio.

O evento, que tem curadoria do jornalista e crítico de arte Marcus de Lontra Costa, segue até 19 de março. Para visitar, o público deverá apresentar o passaporte vacinal, além de seguir os protocolos contra a Covid-19, como o uso de máscara e higienização das mãos, além do distanciamento social no local. 

“Estamos muito felizes em receber a primeira exposição do ano no Cais, e ainda mais por ela se relacionar com o Sertão, esta região que é tão bem representada no acervo do museu, que inspira todo o projeto e concepção do equipamento”, frisa o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Serviço:

Exposição “O Sertão Virou Mar” . 

Onde: Cais do Sertão
Quando: 19 de janeiro a 19 de março. De quinta a domingo, das 10h às 16h. 
Ingresso: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

Redação redeGN Foto Divulgação

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.