RedeGN - Imprimir Matéria

Moradores do Bairro Angari se mobilizam para enfrentar mais uma cheia do Rio São Francisco

13 de Jan / 2022 às 08h00 | Variadas

Com o lago de Sobradinho acima e 60% da sua capacidade de armazenamento e o grande volume de água que está chegando de Minas Gerais e oeste da Bahia, a Chesf através de nota, comunicou o aumento da vazão na Barragem de Sobradinho para 1.800 m3/s já a partir desta quinta-feira (13). Na segunda-feira 24, a defluência (água que sai) será de 4 mil metros cúbicos por segundo.

O morador Marcelo Silva disse que "é mais um momento de cheia e para sair das casas é preciso diálogo". Onte a prefeita Suzana Ramos disse está muito preocupada com essa situação, mas a prefeitura está preparada para ajudar os moradores ribeirinhos.

"Estamos disponibilizando a Escola de Tempo Integral Paulo VI, preparada com toda estrutura adequada para receber os moradores do bairro Angari. Estamos também providenciando outra escola para acolher as famílias que moram na Ilha do Rodeadouro durante o período de cheia do Rio São Francisco. E vamos disponibilizar equipes da SEDES, Defesa Civil e da Saúde que ficarão de prontidão para dar assistência a esses moradores. Fazemos um alerta para as pessoas de áreas ribeirinhas que saiam o quanto antes desses locais para evitar maiores transtornos", esclareceu Suzana Ramos.

As elevações periódicas de vazão, que provocam o extravasamento das águas da calha principal do rio para suas áreas marginais, e a ocupação intensa e desordenada das várzeas inundáveis, geraram a necessidade de um conhecimento detalhado e espacializado da planície de inundação do Rio São Francisco no trecho entre Sobradinho, Bahia e Itaparica,Pernambuco.

Ano passado a redeGN teve acesso a este relatório do Mapeamento das Áreas Inundáveis nas margens do Rio São Francisco, onde foram consideradas como áreas críticas às zonas ribeirinhas urbanas dos municípios de Juazeiro e Petrolina, com destaque para a parte ribeirinha do Bairro Angary e da orla fluvial em Juazeiro, que se encontram abaixo do cais de proteção da cidade, e o Balneário da Ilha do Rodeadouro (Petrolina), localizado a aproximadamente 15 km a montante da cidade de Petrolina.

Ontem a REDEGN mostrou que a Ilha do Rodeadouro a água já avança na área onde foram instaladas barracas.

Através de nota a Chesf-Companhia Hidro Elétrica do São Francisco comunicou que diante da condição de cheia na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, foi iniciada operação especial dos reservatórios para promover o controle das águas, tendo em vista que o período úmido na região se estende até abril. 
 
Serão elevadas as vazões de todas as hidrelétricas da Chesf, no Velho Chico, gradativamente, com previsão de abertura de comportas (vertimento) a partir do dia 14. No dia 24 de janeiro, a vazão praticada a partir das usinas de Sobradinho (BA) e Xingó (SE) será de 4.000 metros cúbicos por segundo (m³/s).
 
“O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) decretou regime de cheia na Bacia do Rio São Francisco e, dessa forma, temos que atuar com regras específicas, aguardando chegar mais água, pois ainda há grande volume de chuvas acontecendo em Minas Gerais. A previsão é de Sobradinho, nosso maior reservatório, alcançar cerca de 75% de armazenamento no fim de janeiro”, informou o diretor de Operação da Chesf, João Henrique Franklin.

Como as chuvas ocorrem até abril, na Bacia do São Francisco, o diretor acrescentou que há grandes possibilidades de o Reservatório de Sobradinho voltar a atingir armazenamento próximo a 100%, como no período úmido 2019/2020. 

O foco do atual momento é o estreitamento do relacionamento da Chesf com as Defesas Civis e Prefeituras para que estejam cientes da elevação do nível do rio. “Vamos ter vazões que há doze anos não vemos no Rio São Francisco. É necessário haver a liberação da calha do rio, prevalecendo a segurança”, declarou o diretor.

As prefeituras e as defesas civis, além de diversas entidades, já foram comunicadas pela Chesf da liberação de água necessária para o controle de cheia.

Confira o vídeo da Prefeita Suzana Ramos:

Redação redeGN Texto e Fotos Ney Vital

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.