RedeGN - Imprimir Matéria

Polícia Civil incinera mais de 1,3 tonelada de entorpecentes apreendida em Pernambuco

11 de Jan / 2022 às 15h16 | Policial

 

 

O Centro de Apoio Operacional Defesa Social e Controle Externo da Atividade Policial (CAO Defesa Social), órgão do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), participou, na segunda-feira (10), da incineração de mais de 1,3 tonelada de entorpecentes apreendida pela Polícia Civil, que ocorreu no forno da Indústria Ondunorte, em Igarassu.   

Drogas como maconha, crack, cocaína, ecstasy, haxixe, MDMA, entre outras, foram provenientes de diversas apreensões em municípios da Região Metropolitana do Recife: Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço da Mata, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Recife.

Segundo o coordenador do CAO Defesa Social, promotor de Justiça Rinaldo Jorge, a Polícia Civil já contava com autorização judicial para a destruição das drogas e o Auto de Incineração será enviado para os juízos. "Foram incineradas pela Polícia Civil que era a depositária como Polícia Judiciária e já estavam em poder dela há bastante tempo, inclusive com processos findos. De acordo com a lei 11.343/2006, Lei de drogas, elas devem ser incineradas", explicou Rinaldo Jorge.

Entre as quantidades de drogas em poder da Polícia Civil que foram queimadas havia 1.237 kg de maconha; 94 kg de crack; 13 kg de cocaína; 0,025 kg de ecstasy; 0,178 kg de haxixe; 0,272 kg de MDNA.

*com informações MPPE

Da Redação RedeGN

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.