RedeGN - Imprimir Matéria

Abertura das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil na Bahia começa neste domingo (9)

08 de Jan / 2022 às 21h00 | Variadas

Acontece, até o dia 9 de janeiro em Itaparica, na Região Metropolitana de Salvador (RMS),  o I Encontro de Caboclos e o evento cívico com e a apresentação artística da Ópera da Liberdade, marcando a abertura das comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil na Bahia.

De acordo com a assessoria de imprensa da cidade, além de toda programação cívica já realizada tradicionalmente, o projeto conta com o I Encontro dos Caboclos que reunirá os municípios que marcam historicamente o processo de independência, com a chegada dos caboclos dos municípios de Cachoeira, São Félix, Maragogipe e Salinas da Margarida.

O evento de caráter cultural, cívico e náutico, tem na sua abertura o início do Bicentenário da Independência do Brasil, com o objetivo de promover a contribuição das cidades-irmãs no processo de construção da Independência do Brasil.

A proposta conta também com a apresentação artística e cultural da “Ópera da Liberdade”, de caráter sócio educacional, cultural e cívico, que visa agregar aos Festejos Cívicos com única apresentação de um espetáculo histórico no intuito de promover as comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil em Itaparica.

A ópera é composta por músicos de canto coral, dançarino e apresentação teatral com participação do grupo cultural Caboclos de Itaparica e grupos e artistas de Itaparica e Salvador, com o envolvimento de mais de 150 pessoas, reforçando assim a importância histórica e cultural do município.

 A programação conta no dia 7 com hasteamento de bandeira, missa, sessão solene, saída da puxada dos carros dos caboclos dos municípios convidados, Encontros dos carros dos Caboclos de todos os municípios e apresentação artística e cultura “ Ópera da Liberdade”. No sábado, dia 8, e no domingo, dia 9, conta o Auto da Roubada da Rainha com os caboclos de Itaparica. Toda programação respeita os protocolos estabelecidos pela OMS.

A data comemorativa relembra a batalha de 1823. Na época, ocorreu um confronto ocorrido da Baía de Todos-os-Santos e praias da Ilha de Itaparica entre o Exército Brasileiro e a Marinha e Exército de Portugal durante a Guerra da Independência do Brasil. Apesar de a independência do Brasil ter sido proclamada por Dom Pedro I em 7 de setembro de 1822, a luta armada prosseguiu na Bahia, com o enfrentamento da resistência portuguesa.

O ano de 2022 oferece a oportunidade única de valorizar a história da Independência do Brasil na Bahia partindo do início a partir do município de Itaparica (07 de janeiro),14 de junho (Santo Amaro); Cachoeira e São Félix,( 25 de junho);Maragogipe e Salinas da Margarida;  projetando assim, no cenário nacional, os municípios e fazer assim das cidades, destinos turísticos, culturais, cívicos e náuticos em janeiro de 2022.

Foto Agencia Brasil

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.