RedeGN - Imprimir Matéria

Fiscalização do Detran-BA em clínicas de trânsito assegura pagamento com cartão de crédito

28 de Oct / 2021 às 14h00 | Variadas

Equipes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) deram início, esta semana, à uma operação de fiscalização para verificar o cumprimento da Portaria 59/2021, que determina às clínicas, a aceitação do pagamento pelos serviços médicos referentes à habilitação, também através de cartão de crédito. 

Publicada em abril deste ano, a Portaria do Detran-BA, com o objetivo de assegurar diferentes opções de pagamento ao cidadão, alterou a modalidade exclusiva de quitação, antes apenas em espécie, além da  obrigatoriedade de emissão de nota fiscal pelas empresas. O prazo para adequação das clínicas de trânsito às mudanças expirou no dia 23 de agosto. 

A fiscalização começou por Salvador com visitação às 46 clínicas em funcionamento na capital. No bairro do Candeal, a condutora Luana Araújo, 35, aproveitou a presença da fiscalização para denunciar que pagou via pix, pois o local se negou a receber em crédito. A situação se repetiu em outro estabelecimento, no Rio Vermelho, onde o assistente de saneamento, Fábio Souza, 41, também reclamou de não ter sido avisado pela clínica sobre a opção de pagamento com cartão. "A fiscalização do Detran-BA é muito bem-vinda, assim, nosso  direito passa a ser respeitado, e facilita muito não precisar circular com dinheiro vivo", ressaltou Souza, enquanto passava o cartão de crédito, após a chegada da equipe. A fiscalização conferiu ainda se as clínicas mantém a informação sobre as modalidades de pagamento em local visível ao público. 

"As 'blitzes' em defesa dos direitos de candidatos a condutores irão continuar em todo o estado e as seis clínicas autuadas, nesse início de operação, terão o prazo de quinze dias para comprovar a regularização", ressalta o presidente da Comissão Central de Fiscalização, Gustavo Carvalho. 

No estado, são mais de 200 clínicas credenciadas ao Detran-BA e o preço dos exames é tabelado, sendo R$128 (teste de aptidão física e mental) e R$170 (avaliação psicológica), desde 2018.  

O cidadão que identificar alguma clínica de trânsito que não esteja cumprindo a determinação pode registrar denúncia através da Ouvidoria do Detran, que atende de segunda a sexta-feira das 9h às 16h, no telefone 3116-2324, pelo site do departamento (www.detran.ba.gov.br), na aba 'Fale Conosco', ou pelo e-mail: protocolo.detran@detran.ba.gov.br 

Ascom Detran-BA

© Copyright RedeGN. 2009 - 2022. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.