RedeGN - Imprimir Matéria

Projeto "Viva Luciana" oferece serviços de saúde e bem-estar aos moradores da comunidade de Goiabeira II, em Juazeiro

16 de Oct / 2021 às 10h00 | Variadas

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Juazeiro realizou, ontem sexta-feira (15), a primeira ação do projeto "Viva Luciana". A primeira comunidade beneficiada foi Goiabeira II, no Salitre, zona rural da cidade, onde foram oferecidos serviços de saúde e bem-estar, como também palestras sobre o combate à violência doméstica, de conscientização para o câncer de mama, entre outras.

O diretor-presidente da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), Tenório Filho, exaltou a ação da corporação. "Parabéns à Guarda Municipal pela iniciativa louvável deste projeto, que é de extrema importância para o incentivo à prevenção e saúde das mulheres. E aos parceiros aqui presentes. Continuaremos a dar total apoio ao projeto Viva Luciana, diante da sua importância de levar saúde e conhecimento à população", contou.

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Teobaldo Pedro, "esta parceria nada mais é do que uma cooperação entre as secretarias para aprimorar o serviço público. E nós não estamos aqui fazendo um favor para vocês. Vocês são cidadãos que contribuem e que merecem toda a atenção e respeito. Esta é a visão da nossa gestora Suzana Ramos, que tem se preocupado bastante  com o bem estar do seu povo", frisou.

E os moradores também aprovaram a iniciativa. "Foi muito bom, eu estava precisando e fui atendida para tirar dúvidas sobre o Bolsa Família. E o melhor, não precisei me deslocar até o centro da cidade", falou Rita de Cássia dos Santos, dona de casa, de 38 anos.

As ações aconteceram em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes), Secretaria de Saúde (Sesau), Clinefro, Instituto Ivete Sangalo, Ronda Maria da Penha, Projeto Fio de Esperança e UNIBRAS.

Ascom CSTT/PMJ

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.