RedeGN - Imprimir Matéria

Presidente da Comissão de Segurança da Câmara de Vereadores de Petrolina diz que morte do soldado da PM será investigada

14 de Sep / 2021 às 08h30 | Policial

O vereador Capitão Alencar atual presidente da Comissão de Segurança, Trânsito e Mobilidade, da Câmara de Vereadores de Petrolina, declarou que a ação que provocou a morte do Policial Militar da Bahia, Joanilson da Silva vai ser apurada. 

Com larga experiência em segurança pública Capitão Alencar afirmou "a Ordem dos Advogados através da Comissão dos Direitos Humanos e outros orgãos de segurança devem neste momento buscar uma resposta para a sociedade e isto deve acontecer com uma investigação ouvindo todos os envolvidos na ação".

O soldado da Polícia Militar da Bahia Joanilson da Silva Amorim morreu após ser baleado por três tiros, na noite de ontem segunda-feira (13), em Petrolina. Joanilson era lotado, na 75°CIPM. De acordo com informações, o policial foi morto por engano por policiais civis de Pernambuco, que o confundiram com um criminoso.

O crime ocorreu nas proximidades da residência do policial militar da Bahia, no bairro Jardim São Paulo. Joanilson estava de folga, quando foi chamado por vizinhos, por volta das 18h, para ajudar na captura de suspeitos que fugiam após invadirem imóveis do bairro.

Após a chegada dos policiais civis de Pernambuco, o soldado Joanilson foi confundido com um dos criminosos, e foi baleado com três tiros, que atingiram cabeça, braço e perna. O policial não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 20h desta segunda.

Até a publicação da reportagem, a Secretaria de Segurança Pública de Pernambuco ainda não se manifestou sobre a morte do PM baiano.

Redação redeGN Foto Divulgação

© Copyright RedeGN. 2009 - 2021. Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do autor.